Apucarana

Sindicatos e servidores protestam contra reforma da Previdência em Apucarana

Compartilhe no WhatsApp

Centrais sindicais e servidores públicos protestaram contra a reforma da Previdência, na manhã desta quarta-feira (20), no centro de Apucarana. Os manifestantes criticam a proposta apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro que pretende instituir idades mínimas de aposentadoria para os trabalhadores do serviço público e da iniciativa privada.

Para o diretor do Sindicato dos Bancários de Apucarana, Emerson Gonçalves, a proposta de idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres é desinteressante para a classe trabalhadora.

“Primeiro que estabelece teto de idade muito alto. O mercado brasileiro não tem condições de perdurar tanto um período mínimo para os trabalhadores se aposentarem”, contesta.

Gonçalves também considera perigoso sair de um padrão solidário, onde todos contribuem, para um modelo ‘pessoal’ onde cada um forma sua poupança.

“Chile e Argentina têm experiência nesse modelo. Os aposentados do Chile, por exemplo, estão falidos. Naquele país a maior aposentadoria paga hoje representa 80% do salário mínimo deles. E nós não queremos esse modelo desastroso aqui para os trabalhadores do Brasil”, compara.

Segundo o diretor, é necessário um debate entre os trabalhadores e o Congresso Nacional para chegar em um modelo funcional que atenda a classe trabalhadora.

“Também é preciso estabelecer um modelo que inclua aqueles que são privilegiados. O alto escalão do Exército Brasileiro, por exemplo, juízes, promotores não vão sofrer com essa reforma trabalhista”, analisa.

Além do Sindicato dos Bancários de Apucarana, o protesto contou com a presença de representantes de outros sindicatos como saúde, alimentação e também servidores de Jandaia do Sul, Arapongas e Maringá.

Ofertas Molicenter Até 01/09

Explosão de Milagres 09 a 15/09

8ª Feijoada Beneficente 15/09

8ª Feijoada Com Música ao Vivo

As Cores do Samba

Instituto Quarks

Rádio Gospel Hits

Marmitaria Temperos da Vovó

Solução Informática e Tecnologia

Zé da Balada