Notícias Geral

TSE cassa mandato de deputado estadual Subtenente Everton (PSL) por abuso de poder econômico

Screenshot 20211020 143958 WhatsApp
Screenshot 20211020 143958 WhatsApp
Compartilhe no WhatsApp

20/10/2021

Parlamentar foi cassado por abuso de poder econômico nas eleições gerais de 2018; sessão ocorreu na terça-feira (19).

Por unanimidade, o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu cassar o mandado do deputado estadual Subtenente Everton (PSL) por abuso de poder econômico nas eleições gerais de 2018. A sessão ocorreu na terça-feira (19).

Pelo mesmo motivo, os ministros também cassaram o diploma de suplente de deputado federal do Coronel Figueiredo (PSL).

Eles tiveram parte dos gastos da campanha pagos pela Associação dos Militares da Reserva, Reformados e Pensionistas das Forças Armadas do Paraná (Asmir-PR), pessoa jurídica. A Lei das Eleições proíbe financiamento de campanha por pessoa jurídica.

A doação de R$ 12 mil na forma de impressão de material de campanha pedindo votos para os dois candidatos. Na decisão, os ministros ainda determinaram que o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) refaça a contagem do quociente eleitoral a partir da anulação de todos os votos dos candidatos.

Com isso, haverá um novo cálculo para as vagas de deputado estadual, o que pode gerar mudança na Assembleia Legislativa do estado.

A ação teve início após denúncia de um eleitor e posterior proposição pelo Ministério Público Eleitoral. O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná julgou o caso, mas absolveu os dois militares. Fonte: RPC

Relacionado

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Feliz Natal e Próspero Ano Novo

André Mendonça – Novo Ministro STF

Fala Aí – 87,9 FM

Fim dos Pedágios Pr

JR Martelinho de Ouro

Atom Academia

Clique na Imagem p/Ampliar

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: