Deputado Tiago Amaral Paraná em Notícias

Em encontro nacional, Tiago Amaral defende qualificação do processo legislativo

Compartilhe no WhatsApp

Evento em Porto Velho reúne deputados de 13 estados

De que forma o Legislativo pode trabalhar com mais qualidade, para fazer leis que resolvam problemas e gerem benefícios à população? Essa foi a temática da palestra do deputado estadual Tiago Amaral (PSD), no 1º Encontro do Fórum Permanente das Comissões de Constituição, Justiça e Redação do Brasil, nesta quarta-feira (20/9), em Porto Velho, capital de Rondônia.

Tiago Amaral preside a Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Paraná e foi convidado a participar do evento, que pretende fortalecer o trabalho das CCJs em todo o país. A ideia é compartilhar experiências para aumentar a qualidade técnica e a transparência nos projetos discutidos nos parlamentos, em benefício da população. Estão participando deputados de 13 estados.

Diálogo e aproximação

Em sua fala, o presidente da CCJ da Alep mencionou que há um excesso de leis, o que gera um desafio aos parlamentares. “Não precisamos apenas fazer leis. Precisamos fiscalizar, discutir, debater de forma aprofundada. Isso, na minha avaliação, é muito mais forte e efetivo do que apenas apresentar projetos de leis que a gente sabe que não vão chegar a lugar algum”, disse Tiago Amaral.

Desde que assumiu a presidência da Comissão, em fevereiro deste ano, o deputado estadual Tiago Amaral tem se empenhado em ampliar as possibilidades de qualificação do processo legislativo. Entre as medidas tomadas, estão o diálogo com as partes afetadas pelos projetos e a aproximação com a sociedade em geral.

Tiago Amaral defendeu: “Nós precisamos perguntar a eles o que pensam a respeito do projeto. Porque é algo que vai atingi-los de alguma forma. Entender qual é a avaliação sobre pontos favoráveis e negativos e os impactos que o projeto vai trazer para o segmento ou a comunidade”. 

Prestígio ao trabalho dos parlamentares

Além disso, o presidente da CCJ da Assembleia Legislativa do Paraná também ampliou as condições de debate dentro da própria Comissão. Antigamente, houve reuniões em que a pauta tinha 80 projetos, o que é impossível de se analisar no período de uma hora. Agora, entram para discussão em torno de 30 itens, um número factível e realista.

Outro ponto é a publicação da pauta com maior antecedência, o que dá mais tempo para a análise técnica dos deputados escalados para relatar os projetos. Essas experiências, compartilhadas durante a palestra, prestigiam os parlamentares e as competências do Poder Legislativo e permitem que os integrantes da comissão discutam com maior profundidade.

Próximo passo na qualificação

O deputado estadual Tiago Amaral anunciou que o próximo passo será a criação de súmulas que ajudem a padronizar e manter a coerência nas decisões referentes a projetos sobre temas que se repetem, como utilidade pública, doação de terrenos e criação de datas comemorativas, por exemplo.

As súmulas vão liberar mais tempo para debate e diálogo dos temas mais relevantes para a sociedade, contribuindo para leis mais efetivas. “Nós, parlamentares, precisamos atuar para melhorar a qualidade do nosso debate e do nosso processo. Só assim vamos ter um país decente, organizado, que respeite a todos e dê a oportunidade de produzir e trabalhar”, finalizou Tiago Amaral.

Foco na qualidade

O 1º Encontro do Fórum Permanente das Comissões de Constituição, Justiça e Redação do Brasil reúne representantes de Minas Gerais, Brasília, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Ceará, Amapá, Acre, Maranhão, Bahia, Rio Grande do Sul, Amazonas, Rondônia e Paraná. O evento termina nesta quinta-feira (21/9), em Porto Velho.

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Clique para ampliar

Kombucha da Si – Clique Vídeo

JR Martelinho de Ouro

André Quiroga

Clique para ouvir

Noite de Queijos e Vinhos

Jornal Edição de Notícias

Resumo de Notícias Mensal

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: