Arapongas Geral

Em Arapongas a recuperação das estradas rurais na Bacia do Ribeirão dos Apertados abrange 59 quilômetros

Compartilhe no WhatsApp

O trabalho de recuperação, readequação e manutenção das estradas rurais na Bacia do Ribeirão dos Apertados têm sido feito com pontualidade e observando rigorosos padrões técnicos. O cronograma foi definido pelos membros do Conselho de Desenvolvimento Rural (CONDERA), formado pelos produtores, Emater, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Sindicato Patronal e Secretaria de Agricultura, Serviços Públicos e Meio Ambiente (SEASPMA); que estabelecem os critérios para determinar as localidades e os trechos que serão atendidos.

Nesta segunda quinzena de agosto teve início a execução do projeto nas estradas das 7 Casas (8 Km), do Ingazeiro (11 Km), São Luiz (24 Km), do Pneu (antiga estr. do Giocondo – 8 Km), que fazem parte da Bacia dos Apertados, incluindo os 8 Km da estrada do Curador, cujo serviço já foi concluído. A execução transcorrerá ainda por três meses, totalizando 59 quilômetros. O projeto segue um critério técnico, onde em grande parte alguns trechos são levantados, abaulados, com ajustes nas entradas das propriedades, quando necessário. Os resultados são positivos, quanto a preservação das estradas, retenção das águas pluviais – evitando assim o corrimento superficial das águas que levariam matéria orgânica, adubos e agrotóxicos para o leito dos rios e córregos. Dessa forma, além de melhorar a durabilidade e trafegabilidade das estradas, protege-se o manancial de abastecimento público de Arapongas.

Segundo o secretário Vanderlei Carlos Sartori Junior, a logística cabe a SEASPMA que coordena as ações para os trechos programados pelo Conselho, bem como, atende as urgências nos trechos em que o transporte escolar rural transita, onde a comunidade solicita ou pela necessidade de melhorar as condições de escoamento da produção. “É importante ressaltar que esse trabalho nas estradas rurais está sendo executados com recursos próprios do município e que sempre contamos com a parceria de alguns produtores que doam o cascalho”, explicou, complementando que o IAP é quem licencia a extração do material.

O Engenheiro Agrônomo da Emater Antonio Bodnar destacou as atividades do Conselho “Podemos evidenciar que (o Conselho) tem um papel preponderante no gerenciamento das ações no meio rural, pois a demanda é muito grande em função do que não foi realizado nos anos anteriores”, frisou o agrônomo.

Dessa forma democrática e participativa, a prefeitura através da Secretaria de Agricultura, Serviços Público e Meio Ambiente (SEASPMA), vem recuperando boa parte das estradas rurais, com orientação técnica e qualidade na execução. Estas ações no âmbito rural estão sendo acompanhadas de perto pelo prefeito Padre Beffa. “Nossa missão é orientar os serviços públicos para melhor atender o cidadão, a cidade e, especialmente, a zona rural, de onde provém os alimentos e divisas para o município”, acrescentou Beffa.

Fonte: Prefeitura Municipal de Arapongas

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Dia Internacional das Mulheres

Aravel – Clique para Ampliar

Contato – (43)99916-6212 – Simone

Depilação a Laser Crystal 3D

Atom Academia

Rádio Gospel Hits

Jornal Edição de Notícias

× Fale Conosco - Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: