Apucarana

Voluntários levam ajuda a pessoas em sofrimento mental

Compartilhe no WhatsApp

O prefeito Júnior da Femac recebeu em seu gabinete nesta sexta-feira (23/09) a visita de representantes da Ong Help, uma organização mundial sem fins lucrativos que desenvolve trabalhos de prevenção a problemas de ordem psicológica e emocional, contribuindo pra que pessoas possam superar medos, traumas e vencer condições como depressão, automutilação, síndrome do pânico, transtornos de ansiedade, suicídio e outras relacionadas à saúde mental. “No mundo atual, sobretudo pelo advento da tecnologia, as pessoas estão vivendo cada vez mais em isolamento. A falta de interação presencial com outras pessoas tem impactado negativamente na saúde mental. As estatísticas revelam que a pandemia contribuiu para que o quadro social ficasse ainda mais preocupante, por isso é imprescindível que toda a sociedade esteja engajada e atenta ao sofrimento das pessoas. Neste sentido, a Ong Help realiza um trabalho maravilhoso levando palavras que salvam vidas”, enalteceu o prefeito de Apucarana.

Além de abordagem nas ruas, palestras em empresas e instituições de ensino, a organização alcança milhares de pessoas em todo o mundo através das redes sociais (facebook – /helpfju – e instagram – @help.fju -), central de atendimento via WhatsApp – que funciona 24 horas por dia – e cartas com mensagens motivacionais, que são entregues diariamente pelos voluntários, seja pessoalmente, ou via caixa de correspondência. “Em Apucarana temos cerca de 20 voluntários atuando diariamente para ajudar as pessoas que estão em sofrimento mental”, informou Vanessa Gabrieli da Silva, que esteve acompanhada de Sheila Coelho e Daniele Oliveira.

Elas lembraram que setembro é o mês internacional da luta contra o suicídio. Segundo as voluntárias, todos os anos 16 milhões de pessoas tentam o suicídio. “O dado mundial, revela que a cada 20 tentativas, uma resulta em fatalidade. Isso significa que 800 mil pessoas cometem suicídio todos os anos, uma morte a cada 40 segundos”, lamentou Sheila Coelho.

Ela agradeceu a receptividade por parte do prefeito Júnior da Femac. “Resido a pouco tempo no município e fico muito feliz em ver que o município está de portas abertas para iniciativas como a da “Help”, e que dispõe de uma rede de assistência muito bem organizada no que tange à saúde mental”, complementou Sheila, solicitando ao prefeito permissão para agendamento de ações de acolhimento e palestras junto a repartições públicas, rede municipal de ensino e grupos da terceira idade. “Podem contar com a prefeitura. Também vou conversar com o professor Vladimir Barbosa da Silva, chefe do Núcleo Regional de Educação (NRE), sobre o voluntariado que desenvolvem para que possam também levar apoio a estudantes da rede estadual”, disse o prefeito.

Além das redes sociais, o contato telefônico com a Ong Help – que tem o mote “Não te julgo, te ajudo!”, pode ser estabelecido pelo Cantinho do Desabafo, no número (11) 4200-0034 (WhatsAPP). Ainda no encontro, o prefeito assinou a “mega carta”, um documento que será levado pelas voluntárias ao evento “Mega Help”, em alusão ao mês de luta contra o suicídio, que acontece neste sábado (24/09), a partir das 15 horas, no Lago Igapó, em Londrina.

FOTO (EDSON DENOBI) (4)
FOTO (EDSON DENOBI) (3)
FOTO (EDSON DENOBI) (1)

 

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Vendo ou Troco Apartamento

Kombucha da Si – Clique Vídeo

Fala Aí – 87,9 FM

JR Martelinho de Ouro

Sexta Comédia com Tadeu

Cursos Gratuitos

Clique na Imagem p/Ampliar

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: