Apucarana

Vereadores de Apucarana reúnem empreendedores para oficializar rua gastronômica

Compartilhe no WhatsApp

Os vereadores Tiago Cordeiro (MDB) e Rodrigo Liévore Recife (União), respectivamente, vice-presidente e primeiro secretário da mesa diretora da Câmara Municipal de Apucarana, estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira (23) com um grupo de empreendedores da rua Osvaldo Cruz. Os vereadores promoveram o encontro para compreender melhor as demandas e a realidade do trecho e, com isso, melhor formatar um projeto de lei que pretendem protocolar dentro dos próximos dias. A ideia dos vereadores é oficializar um trecho da via como “Rua Gastronômica” e, ao mesmo tempo, criar um conselho local de empreendedores para atuar na interface com órgãos públicos e sociedade, como mediador de uma série de aspectos que envolvem a região, que tem se notabilizado na cena urbana como um centro gastronômico, com a instalação de diversos negócios na área, como bares, pubs, lanchonetes, sorveterias e restaurantes.

Os empresários trouxeram uma série de aspectos a serem considerados, a começar pelo fato de a via ser considerada como mista, ou seja, comercial e residencial, o que demanda diversas questões a serem consideradas, como trânsito, segurança, poluição sonora, dias e horários de funcionamento e até serviços públicos, como horários de transporte público estendido para trabalhadores do segmento e horários de coleta de lixo, por exemplo. Os empresários informaram, por exemplo, que tem dificuldades de contratar trabalhadores que moram em bairros mais distantes justamente por falta de ônibus em horários estendidos, considerando que o pólo costuma ficar aberto até as 22 horas durante a semana e aos domingos e até meia noite, nas sextas-feiras, aos sábados e nas vésperas de feriados.

“Nossa intenção foi ouvir os empresários, compreender as demandas, os pontos de vista, para criarmos, oficialmente, a Rua Gastronômica num determinado trecho da Osvaldo Cruz, e também para criarmos o conselho municipal de empreendedores daquela via”, explica o vereador Recife.

Ele e Tiago Cordeiro fizeram uma exposição de motivos aos empresários e explicaram que a criação da rua gastronômica e do conselho são formas, primeiro, de oficializar o pólo gastronômico que já existe e, em segundo, unir os empresários do trecho para buscar melhorias, organizar as demandas e oficializar uma interface para a mediação do pólo com os órgãos públicos e com a sociedade, especialmente, moradores da região.

“Essa é apenas a primeira conversa de muitas, primeiros passos desse importante debate sobre as pautas do entretenimento noturno e dos empreendimentos que temos aqui, compreendendo que isso gera opções de lazer, mas também gera emprego e renda em nossa cidade. E dessas conversas, da lei e da constituição do conselho, virão muitas outras conversas e ações que dizem respeito ao futuro de nossa cidade”, comenta Recife.

Tiago Cordeiro explica ainda que o projeto de lei ainda está na fase de elaboração e que essas conversas servem para promover os ajustes necessários para fundamentar o debate. “A ideia é muito boa e vem no sentido de organizar o segmento, estimular aquela região, que já é gastronômica. Vamos colocá-la em lei, fomentando ainda mais crescimento daquela região. Isso permite valorizar a economia criativa, o turismo gastronômico e, Apucarana cidade pólo da região, vai atrair ainda muita gente”, diz.

A previsão de Tiago Cordeiro é que o Projeto de Lei fique pronto dentro dos próximos 15 dias e já deverá ser lido em sessão, quando começa a tramitar para a discussão e votação na Câmara.

“Com a lei e o conselho, criamos uma base de representatividade do segmento e daquela região, o que fortalece a iniciativa privada e abre possibilidades de maior presença do poder público, até com investimentos em infraestrutura, melhorias no trânsito, na segurança, sinalização e, quem sabe, até mesmo com uma possível revitalização de todo o trecho. E isso é bom para os empreendedores, para os moradores e para a cidade como um todo”, diz.

Tiago ainda reforça que a tendência da atual mesa diretora da Câmara é justamente promover uma aproximação ainda maior entre o Legislativo municipal e os mais diversos segmentos da sociedade civil organizada, como forma de ampliar os debates e encontrar caminhos para promover o desenvolvimento local.

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Dia das Mães

Clique para ampliar

Kombucha da Si – Clique Vídeo

JR Martelinho de Ouro

André Quiroga

Clique para ouvir

Noite de Queijos e Vinhos

Jornal Edição de Notícias

Resumo de Notícias Mensal

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: