Uncategorized

Variante pode ter causado explosão de casos em Apucarana

Compartilhe no WhatsApp

O prefeito de Apucarana, Junior da Femac, disse na noite desta quarta-feira (2), que a variante indiana (B.1.617), detectada no município, pode estar relacionada ao crescimento significativo da taxa de contaminação.

“Nós vínhamos observando que a cada dia estava sendo registrado uma média de 150 a 160 novos casos positivados para Covid-19 em Apucarana”, comentou, lembrando que dez dias atrás a média era de 70 casos/dia.

Diante deste quadro, o prefeito explica que foram adotadas diversas medidas, incluindo restrição de circulação, maior rigor na fiscalização com a Polícia Militar e a Guarda Municipal, reforços nos estoques de oxigênio e abertura de mais leitos clínicos no Hospital da Providência. “Também reforçamos o monitoramento de pessoas positivadas – que hoje são 2.338, das quais 140 estão recebendo oxigênio em casa -, e o trabalho de conscientização e alerta à população, visando à prevenção”, revelou.

A partir de agora, conforme frisou Junior da Femac, em relação à nova cepa detectada, o Município irá seguir as normativas colocadas pela Secretaria de Estado da Saúde e o Ministério da Saúde

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Aravel

JR Martelinho de Ouro

Atom Academia

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: