Arapongas

Sérgio Onofre e comitiva da Paraná Edificações visitam obra do Centro de Detenção Provisória – Veja Vídeo

Compartilhe no WhatsApp

O prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, acompanhado pelo diretor-geral da Paraná Edificações, Girlei Eduardo de Lima, e demais representantes, realizou uma nova visita na obra de construção do Centro de Detenção Provisória (CDP). “É uma obra de suma importância para Arapongas, esperada há mais de 20 anos.

Viemos com a equipe técnica fiscalizar os serviços e vemos a evolução dos serviços. Grande conquista que contou também com os esforços do governador Ratinho Jr. O CDP dará grande suporte na segurança pública municipal”, pontuou Onofre. 

Ele reafirmou ainda que pretende demolir o prédio da atual Cadeia Pública de Arapongas, situada na Rua Tucanos.

Em março deste ano, uma grande operação conjunta entre a Polícia Militar, Depen, Guarda Municipal e Polícia Rodoviária Federal, com apoio do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMoa), iniciou a transferência de presos da cadeia de Arapongas para a Penitenciária Estadual de Londrina (PEL).

Segundo a Paraná Edificações, a obra do CDP tem seguido o cronograma esperado. “Estamos acompanhado o desenvolvimento da obra que está em bom andamento. Este também tem sido um pedido do prefeito para que a obra seja entregue dentro do cronograma”, disse. O engenheiro e fiscal responsável pela obra, Marcelo Cibischini, afirma que a execução dos serviços está em 38%. “Temos trabalhado firme. Acreditamos que a conclusão seja feita até dezembro”, salientou. 

Ele incluiu ainda que as estruturas do CDP são feitas de concreto armado e ferragens; exceto a parte administrativa. Até agora, a empresa já realizou toda a parte de estrutura e fundação. A área da administração já está em fase de conclusão.

Após isso, as equipes iniciarão as etapas de cobertura, estrutura externa e a parte das ferragens das celas. Instalações hidráulicas e elétricas também estão previstas para esta fase.

CDP ARAPONGAS

O complexo Centro de Detenção Provisória (CDP) é um local onde ficam os presos que ainda aguardam julgamento. O espaço está sendo construído em um terreno de cerca de 2 mil metros quadrados, doado pelo município. É localizado na Rua Rouxinol, na região do Parque Industrial XI. O investimento é de R$ 7,3 milhões, financiado com recursos do Tesouro do Estado. A empresa responsável é a Alcance Engenharia e Construção Ltda.

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Tonél Decor

Vendo ou Troco Apartamento

Kombucha da Si – Clique Vídeo

Fala Aí – 87,9 FM

JR Martelinho de Ouro

Costelada Grande Parada

Cursos Gratuitos

Clique na Imagem p/Ampliar

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: