Arapongas

Saúde estende vacinação contra a Covid-19 aos profissionais da Saúde com 60 anos ou mais

Compartilhe no WhatsApp

Nesta quarta-feira, 24, a Secretaria Municipal de Saúde informou que vai estender a vacinação contra a Covid-19 aos profissionais do setor acima dos 60 anos, sendo trabalhadores da Saúde (em escalonamento, subgrupos – servidores dos demais serviços ambulatoriais). Conforme o secretário da pasta, Moacir Paludetto Jr, os profissionais da saúde de Arapongas foram subdividos em grupos 10 grupos, com vacinação por etapas. “ Agora, chegamos no grupo nove. Com isso, a vacinação contra a Covid-19 encontra-se estendida para  os trabalhadores de Saúde do com 60 anos ou mais, ou seja, dos profisisonais dos serviços ambulatoriais, inclusive da iniciativa privada, com 60 anos ou mais, e em exercício da profissão, tais como: médicos, biomédicos, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, dentistas, enfermeiros, técnicos/auxiliares de enfermagem, farmacêuticos, atendente de farmácia, farmacêuticos – bioquímicos, cuidadores domiciliares e doulas”, afirma. Ele acrescenta ainda que, esta etapa da vacinação contra a COVID-19 está condicionada à disponibilização de vacinas pelo ente federal e, posteriormente pelo ente estadual, e poderá sofrer interrupções caso o quantitativo de doses disponíveis se tornem insuficientes.

ESQUEMA – A vacinação ocorrerá a partir de hoje, 24, no prédio anexo à Unidade Pronto Atendimento (UPA), Rua Atingau, Jardim Caravelle (Rua lateral), das 13h às 16:30h (encerramento 30 minutos antes do fechamento do serviço, devido a necessidade de remanejamento de frasco multidoses), local onde se encontra equipe remota de vacinação, também de posse de documento de identidade, CPF, cartão SUS, comprovante de residência e carteira de vacinação.

Os Trabalhadores de Saúde supracitados deverão comprovar o exercício da profissão por meio de cópia (a ser retida) de um dos seguintes documentos: Carteira de Trabalho; Carteira do Conselho de Classe Profissional; Contrato de Trabalho ou Holerite, onde esteja evidenciada a profissão e o seu exercício atual. “Reitero que a inexistência de um dos documentos supracitados: RG, CPF, cartão SUS, comprovante de residência, carteira de vacinação ou cópia de documento comprobatório do exercício profissional impedirá a efetivação da vacinação”, explica o secretário.

 CONTRAINDICAÇÕES – (CI): Menores de 18 anos (CI); Febre ou sintomas gripais (CI); Doença aguda ou início agudo de doenças crônicas (CI); Positivados para COVID-19, nos últimos 30 dias, e se assintomático, a partir do primeiro exame positivo (CI); Vacinados (qualquer), nos últimos 14 dias (CI); Reação anafilática confirmada a 1ª dose (CI);

ADVERTÊNCIAS –  (A): – Em uso de antiagregantes plaquetários, anticoagulante orais, necessidade de administração da vacina o mais longe possível da última dose do(s) medicamento(s) (A); – Transplantados, oncológicos, imunossuprimidos e portadores de doenças reumáticas imunomediadas previamente advertidos e com prescrição médica (A); – Gestantes, puérperas e lactantes previamente advertidas e com prescrição médica (A); – O esquema vacinal de duas doses deve ser iniciado e completado com vacinas do mesmo laboratório (A). Sem mais para o momento, me coloco a disposição para quaisquer esclarecimentos que se fizerem necessários.

Considerando a ausência de estudos de coadministração, neste momento, não se recomenda a administração simultânea das vacinas COVID-19 com outras vacinas. Desta forma, preconiza-se um intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas COVID-19 e as diferentes vacinas do Calendário Nacional de Vacinação.

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Unicesumar – Clique para Ampliar

Contato – (43)99916-6212 – Simone

Depilação a Laser Crystal 3D

Atom Academia

Rádio Gospel Hits

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: