Rolândia

ROLÂNDIA: TERCEIRO LIRAA DO ANO REGISTRA QUEDA, MAS CUIDADOS COM A DENGUE NÃO PODEM PARAR

Compartilhe no WhatsApp

A Secretaria Municipal de Saúde informa que o resultado do Índice de Infestação Predial do terceiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), ocorrido no município de Rolândia entre os dias 14 e 18 de junho de 2021 foi de 2,0%, redução de 2,1 pontos percentuais em relação ao LIRAa anterior, realizado em janeiro de 2020. Este resultado coloca o município de Rolândia em uma situação de médio risco segundo parâmetros da Organização Mundial da Saúde, que preconiza um índice de até 1% como aceitável.
No período compreendido entre o dia 19/07/2020 e 21/06/2021, foram notificados no município de Rolândia 3977 casos suspeitos de dengue, destes 1595 foram confirmados, 1577 foram descartados e 805 permanecem em investigação.
Os criadouros encontrados com maior frequência durante foram: Vasos e pratinho de plantas (33,3%); Pneus e similares (23,3%); Lixo, sucatas e entulhos (20%); Depósitos de água da chuva, tais como baldes, tambores e cisternas (20%); e Depósitos naturais (3,4%).
Importante destacar que é necessário o apoio de toda a população para que sejam adotadas as medidas contra a proliferação deste do mosquito da dengue, mantendo os quintais limpos, sem acúmulo de lixo, pneus, garrafas e outros objetos que possam acumular água. Calhas, marquises e ralos devem ser verificados e limpos rotineiramente. Vasos e pratinhos de plantas devem preferencialmente ser eliminados, mas quando mantidos, devem permanecer com areia grossa até as bordas ou ser lavados com água, bucha e sabão semanalmente, para eliminar ovos do mosquito. Locais de armazenamento de água devem permanecer sempre tampados/telados. Além disto, a inspeção e limpeza destes reservatórios deve ser realizada pelos moradores semanalmente mediante a escovação das paredes internas com bucha e sabão, a fim de eliminar possíveis ovos do mosquito.
Dada a importância que estes criadouros têm para saúde pública e meio ambiente, a equipe de Controle de Endemias não está medindo esforços para combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, entretanto, o apoio da população é fundamental para evitar a proliferação do mosquito e disseminação da Dengue.

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Clique na Imagem p/Ampliar

Aravel

JR Martelinho de Ouro

Atom Academia

Feliz Dia dos Pais

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: