Apucarana

Promotoria de Apucarana pede impugnação de 10 candidatos

Compartilhe no WhatsApp

O promotor Eduardo Augusto Cabrini analisou todos os pedidos de registros de candidaturas a prefeito, vice e vereadores feitos ao Ministério Público Eleitoral da Comarca, que abrange Apucarana, Cambira e Novo Itacolomi. De todos os pedidos, 10 tiveram irregularidades que provocaram processos para impugnações.

“Cinco deles são por situações mais simples, como por exemplo a falta de quitação de pendências junto à Justiça Eleitoral. Os demais são casos mais graves, que envolvem por exemplo a prática de crimes, como homicídio, e pendências junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR)”, enfatiza Cabrini.

Por ordem alfabética, veja os nomes na lista de impugnações pedidas pelo MP de Apucarana:Anderson Luiz Bueno, Carlos Aparecido de Souza, Ivair Alexandrino Dias, Marcos Antonio Martins, Marcos Leandro Dias, Maria Cristina Pitta Mourinho Ferreira, Maurílio dos Santos, Roberto de Campos, Valdir Ferreira Frias e Weverson de Carvalho.     

O promotor destaca o caso do ex-prefeito de Cambira, Maurílio dos Santos, que tem irregularidades junto ao TCE, que atenta contra a Lei da Ficha Limpa. De Apucarana ele cita candidatos que cometeram crimes de falso testemunho. “Eles deveriam ficar oito anos sem poder concorrer, de acordo com a lei. Há ainda um homem que respondeu pelo crime de homicídio no estado de São Paulo”, pontua o promotor.

De acordo com o MP, os nomes identificados nestas situações pendentes serão comunicados e têm prazo para recorrer. “Toda impugnação é feita por caso concreto interpretada pela promotoria, mas cabe ao juiz eleitoral decidir”, pondera.

TN ONLINE

Depilação a Laser Crystal 3D

Molicenter – Ofertas

Black Week Unicesumar

Contato – (43)99916-6212 – Simone

Atom Academia

Convocação para Assembleia Extraordinária

Famintu’s Pet

Rádio Gospel Hits

Jornal Edição de Notícias

× Fale Conosco - Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: