Arapongas

Prefeitura quer mais rigor das academias nos atendimentos durante a pandemia

Compartilhe no WhatsApp

Em reunião realizada no final da tarde de segunda-feira (25), que contou com a presença do prefeito, Sérgio Onofre, do superintendente médico, Dr. Fernando Marquês, e do procurador jurídico, Rafael Cita, o município requer mais rigor das academias ao cumprirem os requisitos fundamentais para os atendimentos durante a pandemia do coronavírus (Covid-19). O reforço nas orientações foi repassado aos representantes do setor. Com o decreto nº 218/20 ficou autorizado o retorno das atividades das academias, centros de ginástica, ballet, dança e natação desde o dia 27 de abril. Contudo, alguns desses estabelecimentos não vêm cumprindo com as determinações de maneira incisiva. “ Temos relatos de que em alguns locais existem situações de que as regras básicas de saúde não estão sendo exercidas como deveriam. O Ministério Público já enviou ao munícipio uma recomendação de maior rigor neste sentido, e com isso, além das fiscalizações mais intensas nas academias, estamos cobrando também uma postura mais firme desses estabelecimentos. Não podemos relaxar”, explica Cita.

Conforme o Dr. Fernando Marquês, se executadas corretamente, é possível manter o funcionamento das academias, conforme as medidas de saúde já estabelecidas. Caso contrário, os atendimentos não poderão ser mantidos. “ Todas as medidas em saúde para o funcionamento desses espaços são bem claras e específicas. É fundamental que todos estejam alinhados. Questões básicas e primordiais como uso obrigatório de máscaras, proibição de exercícios que gerem contato físico e compartilhamento de aparelhos, instrumentos, pesos etc., sem prévia e rigorosa higienização, mediante utilização de álcool 70%, duração máxima de 45 minutos por treino, distanciamento entre pessoas e aparelhos, mensuração da temperatura, entre outros, devem ser reforçadas dia-a-dia”, orienta. Ele acrescenta ainda que com a chegada do inverno é típico o surgimento de sintomas gripais, e que caso os alunos apresentem qualquer indício, o acesso às academias deve ser proibido, até que seja feita uma investigação específica.

Assembléia Legislativa do Paraná

Molicenter – Ofertas até 16/08

Três obras para mudar parte do centro de Arapongas

Contato – (43)99916-6212 – Simone

Atom Academia

Restaurante Facchiano

Famintu’s Pet

Boca no Trombone Arapongas

Rádio Gospel Hits

Canal André Silva

Jornal Edição de Notícias

× Fale Conosco - Anuncie no site