Arapongas

Prefeitura de Arapongas define ações do projeto “Criança Preservada” para 2024

Compartilhe no WhatsApp

A Prefeitura de Arapongas realizou nesta quinta-feira (29) o encontro de trabalho do projeto “Criança Preservada”, no auditório do Paço Municipal. A ação ampla de trabalho voltado à identificação e prevenção do abuso sexual infantil no município é desenvolvida pelas Secretarias de Segurança Pública e Trânsito, Educação, Cultura, Assistência Social, além da Polícia Civil, Polícia Militar, Poder Judiciário, Ministério Público, Conselho Tutelar, Guarda Municipal e o Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes – CMDCA. A oportunidade contou com a presença do prefeito Sérgio, além de secretários municipais e demais representantes. “Sabemos da importância dessa rede de cuidado e atenção com as nossas crianças. Observamos o crescimento do programa a cada ano, bem como a necessidade da ampliação do projeto, envolvendo toda a sociedade”, abriu o prefeito Onofre.

Projeções – Para 2024, as atividades vão estar sob a coordenação da Secretaria Municipal de Educação. Para a secretária da pasta, Elisangêla Bobato Cortez, a escola tem papel um fundamental na prestação desses serviços. “A Secretaria de Educação abraça este projeto em sua totalidade. Levando em consideração que lidamos diretamente com os alunos. Vamos encabeçar o projeto em um trabalho intersertorial, com o apoio das Secretarias, instituições, poder judiciário e poder público”, enfatizou. Serão desenvolvidas palestras, teatros e ações dentro das escolas municipais e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI), com a possibilidade de estender o programa para rede de ensino privada. A GM Denice Oliveira, também falou sobre a dinâmica da iniciativa. “A metodologia deve seguir um cronograma de capacitação voltado aos profissionais da rede municipal de educação, orientação os pais, materiais impressos bem como teatros, forma lúdicas, entre ouras atividades”, disse.

Dados

Em 2022, o projeto “Criança Preservada” atendeu em cerca de 3 mil alunos. Em 2023 o número subiu para cerca de 5 mil alunos. O serviço amplia o conhecimento das crianças da Rede Municipal de Ensino em relação aos seus diretos ou riscos da violência, preservando a infância e diminuindo os índices de abusos sexual infantil no município de Arapongas. “Proteger nossas crianças é um dever de todos e não apenas dos órgãos públicos. Não podemos permitir que crianças sejam vítimas de quaisquer tipos de violência. Estamos atentos a isso”, acrescentou Onofre.

Participaram também do encontro o comandante da 7ª CIPM, Major Wolski, secretário de Segurança Pública e Trânsito, Paulo Argati, presidente do CMDCA, Clarisa Bergonci, delegada da Delegacia da Mulher de Arapongas, Dra. Camila Costa, secretária de Assistência Social, Terezinha Zin Canassa, representantes da Secretaria da Cultura, Conselho Tutelar e demais instituições.

 

 
 
 
 
 

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Dia do Trabalhador

Clique para ampliar

Kombucha da Si – Clique Vídeo

JR Martelinho de Ouro

André Quiroga

Festa do Milho

Pedal de São Benedito

Jornal Edição de Notícias

Resumo de Notícias Mensal

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: