Arapongas

Prefeitura de Arapongas contrata nova pediatra para reforço nos atendimentos ambulatoriais

Compartilhe no WhatsApp

A Prefeitura de Arapongas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, conta com mais um suporte para os atendimentos infantis. O município contratou uma nova médica pediatra para os atendimentos ambulatoriais (com agendamento). Trata-se da Dra. Ana Lígia Ribeiro Rigon, que presta serviços no Centro de Especialidades Jaime de Lima (segundas, terças e quartas-feiras) no período da tarde; na Unidade Básica de Saúde (UBS) de Aricanduva (quintas-feiras) – na parte da manhã e na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Padre Chico (sextas-feiras), no período da manhã. 
O secretário da pasta, Moacir Paludetto Jr, explica que o reforço vem para desafogar os atendimentos pediátricos não-urgentes, contribuindo com a demanda. “A Dra. Ana Lígia já está conosco há uma semana. Compondo este serviço ambulatorial, teremos a possibilidade de aumentar os atendimentos em pediatria – com 320 consultas mensais a mais. Além disso, nosso quadro pediátrico ambulatorial conta também com outros quatro especialistas, com escala de atendimentos no Cisam, UBS Primavera, Prontos Atendimentos 18 Horas (Petrópolis e Zona Sul), UBS’ Bandeirantes, San Raphael e Águias”, completou. 

ALTA NA DEMANDA POR ATENDIMENTO
Nesta semana, o prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, acompanhado pelo superintendente médico, Fernando Marques, gravou um vídeo falando sobre a alta demanda por atendimentos, nos últimos dias, no Pronto Atendimento Infantil (PAI) – anexo à UPA 24 Horas, do Jardim Caravelle, e hospitais, devido a um aumento da circulação do vírus Sincicial Respiratório (VSR) em crianças pequenas. “Esta situação tem acometido diversas cidades. Tivemos um grande aumento nos atendimentos às crianças. Em um dia, nosso sistema de Saúde registrou atendimentos de mais de 1.350 crianças. Só no PAI, mais de 250 crianças foram atendidas em um dia, gerando uma demora nos atendimentos. A Santa Casa também apresentou alto volume de pacientes. Sabemos que é difícil, mas é importante explicar o que tem acontecido. Um caso atípico, mas temos trabalhado para dar todo suporte à população”, explicou. Entre os principais sintomas estão:  tosse, febre, dor de cabeça e dor de garganta.

O secretário Moacir explica que se trata de vírus muito contagioso –  transmitido pelo ar, por toque e por objetos contaminados, mas que a prevenção é similar às outras infecções de causa viral, incluindo a Covid-19. “Evitar ambientes fechados e com aglomeração de pessoas – sobretudo nos primeiros três meses de vida. Manter os ambientes com ventilação adequada, lavar as mãos com sabão ou usar álcool em gel, além de máscaras, são outras medidas que favorecem a redução da transmissão viral”, incluiu.

Pref. de Arapongas

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Clique para ampliar

Kombucha da Si – Clique Vídeo

JR Martelinho de Ouro

André Quiroga

Clique para ouvir

Noite de Queijos e Vinhos

Jornal Edição de Notícias

Resumo de Notícias Mensal

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: