Apucarana

Prefeitura analisa propostas do auxílio para o setor de eventos

Compartilhe no WhatsApp

Com transmissão ao vivo pelo canal oficial da Prefeitura de Apucarana na rede social “YouTube” – https://www.youtube.com/apucaranapref, a Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Emprego realiza nesta terça-feira (01/06), a partir das 9h30, sessão de abertura dos envelopes de empresas, microempreendedores individuais (MEI’s) e profissionais que protocolaram proposta visando acesso ao Programa Municipal de Auxílio Emergencial ao Setor de Eventos.

Ao todo, 190 envelopes serão analisados pela comissão. “Todos permanecem lacrados desde que foram protocolados e serão abertos somente durante a sessão de análise. Pela impossibilidade dos interessados estarem fisicamente presentes, em prevenção ao novo coronavírus (Covid-19), a transmissão pela internet vai possibilitar que a pessoa saiba em tempo real se foi habilitada ou se não, o porquê, com toda transparência”, assegura Edison Peres Estrope, secretário da pasta.

Além do teor das propostas, será conferida a documentação anexada para verificar se cumprem aos requisitos do programa. “O resultado com todas as propostas homologadas será anunciado ao final da sessão”, reforça Estrope.

O valor dos recursos – destinados a empresas em geral, microempreendedores individuais e pessoas físicas – varia de R$ 1 mil a R$ 10 mil. O prefeito Junior da Femac lembra que o Município fez um grande esforço para ajudar o setor, criando um programa inédito no Brasil e destinando recursos próprios no valor total de R$ 1 milhão. “Desse montante, foi estabelecido um teto financeiro de R$ 650 mil para empresas em geral, R$ 250 mil para microempreendedores individuais MEI’s e R$ 100 mil para pessoas físicas”, ressalta Júnior da Femac, lembrando que o setor de eventos é um dos mais prejudicados economicamente com o advento da pandemia.

As empresas e pessoas com proposta homologada junto ao programa deverão procurar a Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Emprego para prosseguimento dos trâmites. “É importante lembrar que os homologados irão prestar contrapartida do valor recebido em serviços para a rede pública de ensino, área de assistência social ou ainda em outro órgão da administração pública municipal”, observa o prefeito.

Se enquadram no programa atividades de organização de festas, locação de espaço para eventos, locação de palco, coberturas e outras estruturas móveis, locação de aparelhos e equipamentos de som, prestação de serviços de entretenimento infantil, locação de brinquedos, serviços de cobertura fotográfica para eventos, produção de vídeo, serviços de alimentação por buffet, atividade de banda musical, espetáculos de som e luz, aluguel de trajes, atividades de animação e recreação, decoração de ambiente e comércio atacadista e varejista de flores.

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Aravel

JR Martelinho de Ouro

Atom Academia

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: