Paraná em Notícias

Paraná lidera ranking de saneamento entre os estados do Sul

ETE Belém. Curitiba, 23/05/2018 Foto: Maurilio Cheli
Compartilhe no WhatsApp

O Paraná lidera o ranking da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES) entre os estados do Sul. O mais importante levantamento técnico do setor de saneamento aponta 176 municipios atendidos pela Sanepar com boa performance em quatro categorias do estudo.

Nos três estados da região foram listados 301 municípios. A lista da Companhia de Saneamento do Paraná sobe para 177 com a inclusão de Porto União, em Santa Catarina, que também é atendido pela Sanepar e aparece no ranking entre as cidades de pequeno e médio porte com destaque para o empenho na universalização dos serviços.

Paraná tem nove cidades no caminho da universalização do saneamento
Curitiba lidera o ranking de saneamento entre as capitais pela 5ª vez
Os municípios foram classificados em quatro categorias e de acordo com a pontuação total obtida pela soma do desempenho de cada indicador. As categorias são Rumo à Universalização, Compromisso com a Universalização, Empenho para a Universalização e Primeiros passos para a Universalização.

Os indicadores consideram o índice de atendimento da população total com rede de água, o índice de atendimento da população total com rede de esgoto e o índice de esgoto tratado referido à água consumida, além dos serviços de coleta de resíduos e destinação adequada de resíduos sólidos que são atribuições das administrações municipais.

Sanepar tem os melhores indicadores de esgoto do País; confira os dados
“A Sanepar já aparece com vários municípios que superam as metas do novo marco regulatório do setor, previstas para 2030. Este desempenho é resultado da política de investimentos da Companhia”, disse o presidente da Sanepar, Cláudio Stabile.

Em 2020, foram investidos R$ 969 milhões para a melhoria dos sistemas em todo o Estado. Foram R$ 420 milhões investidos em tratamento e distribuição de água, R$ 473 milhões em esgoto e cerca de R$ 77 milhões em obras administrativas e outras finalidades. No período de 2021 a 2025 os investimentos somarão R$ 7,86 bilhões.

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Clique na Imagem p/Ampliar

Aravel

JR Martelinho de Ouro

Atom Academia

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: