Ocorrência Policial

Mulher teria contratado criminosos para matar e roubar ex em Arapongas

Compartilhe no WhatsApp

O homem teve a casa invadida, foi esfaqueado e o carro dele foi roubado na madrugada desta terça.

Uma mulher é suspeita de contratar pelo menos seis criminosos para roubar e matar o ex-marido em Arapongas, no norte do Paraná. O homem teve a casa invadida, foi esfaqueado e o carro dele foi roubado, na madrugada desta terça-feira (14). Quatro envolvidos na ação violenta já foram presos, em Maringá. 

O crime aconteceu por volta das 2h50, no Conjunto Centauro em Arapongas. A vítima contou para a Polícia Militar (PM) que seis homens pularam o muro da casa dele. O morador ainda disse que estava dormindo, acordou assustado e já viu os ladrões. Ele chegou a lutar com um dos suspeitos que estava armado com uma faca.

O criminoso atingiu dois golpes no rapaz, que acertaram as costas dele. Os ladrões roubaram o notebook, outros objetos e o carro da vítima, um Uno. De acordo com a PM, câmeras de monitoramento de uma casa próxima registraram a ação e o veículo usado no crime. A vítima contou para a PM que suspeitava que a ex-esposa poderia estar envolvida no roubo, pois quando eles decidiram se separar, tiveram uma grande discussão. 

O homem foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o hospital. A PM de Arapongas entrou em contato com a polícia de Maringá, pois a ex-mulher atualmente mora na cidade. 

A PM de Maringá foi até o endereço da suspeita e na casa foi abordado um homem que confessou a participação no roubo seguido de esfaqueamento. Ele mostrou até mensagens que estavam no celular que comprovam que a mulher foi a mandante do crime e responsável pela contratação do grupo. 

Na casa da mulher estava o UNO e alguns pertences roubados do ex. Depois, a PM ainda encontrou mais três homens envolvidos na ação violenta. Conforme a polícia, os criminosos são de Toledo, no oeste do estado, e foram contratados para executar o homem durante o assalto. 

A mulher, que já foi identificada, segue foragida. O ex-marido foi hospitalizado e, a princípio, não corre risco de morte. O caso será investigado pela Polícia Civil. 

Informações: TNOnline

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Clique para ampliar

Dia da Mulher

Clique para ampliar

Kombucha da Si – Clique Vídeo

JR Martelinho de Ouro

Jornal Edição de Notícias

Resumo de Notícias Mensal

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: