Marilândia do Sul

Marilândia do Sul celebra o dia da Padroeira Nossa Senhora das Dores nesta sexta (15/9)

Compartilhe no WhatsApp
Nesta sexta-feira (15), é celebrado o Dia de Nossa Senhora das Dores, padroeira de Marilândia do Sul. A data se torna ainda mais especial pois também é comemorado os 85 anos da paróquia da cidade, que é a mais antiga da Diocese de Apucarana.
A Paróquia Nossa Senhora das Dores preparou uma grande festa para celebrar a data. Nesta sexta, feriado municipal, haverá missa às 15h. No sábado (16), acontece a abertura da festa com barracas gastronômicas (churrasco e porções) e show às 20h30 com a dupla Adilson e Reginaldo.
 
No dia domingo (17), acontece o tradicional almoço com churrasco no espeto de bambu, frango e leitoa assada. É preciso levar prato e talheres para almoçar nas barracas. Às 14h será realizado o leilão de gados.
Ainda no domingo, às 8h, será realizada a cavalgada, com encontro dos cavaleiros no Leão do Norte. Juntos vão seguir até a paróquia com a entrega da imagem de Nossa Senhora das Dores para a missa das 9h.
 
Na sexta (15), por ser feriado, não haverá atendimento nas repartições municipais. Os serviços essenciais serão mantidos. Os supermercados da cidade atenderão até às 12h.
 
Você sabia?
A Paróquia Nossa Senhora das Dores é a mais antiga da Diocese de Apucarana, foi criada em 1938. A parte da atual Igreja Matriz, que teve sua construção iniciada em 1945, está localizada em cima do terreno do antigo cemitério da cidade.
Nossa Senhora das Dores
Nossa Senhora das Dores (ou Nossa Senhora da Piedade) é uma forma pela qual é venerada Maria, a mãe de Jesus, pela igreja católica. Em 1239, como fruto da devoção à Cruz, nasceu em Florança, na Ordem dos Servitas a devoção à Mater Dolorosa (Mãe das Dores). Das Sete Dores de Maria nasceu o título de Nossa Senhora das Dores, tão cultuado pelos católicos do mundo inteiro, sobretudo na Semana Santa. Veja abaixo a oração no Dia de Nossa Senhora das Dores.
São 7 Dores de Nossa Senhora, como fuga para Egito, perda do menino Jesus, encontro no Calvário, coração dilacerado assiste à crucificação, entre outras dores. Conheça a oração:
“Ó Maria, Vós que percorrestes o caminho da cruz juntamente com o Filho, sentindo vosso coração de mãe despedaçado pela dor, mas sempre recordada e intimamente confiante de que Aquele para quem nada é impossível saberia dar cumprimento às suas promessas, implorai para nós e para as futuras gerações a graça do abandono ao amor de Deus. Fazei com que em presença do sofrimento, do desprezo, da prova, ainda que prolongada e dura, nunca duvidemos do seu amor. A Jesus, vosso Filho, honra e glória para sempre. Amém”

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

“SÓ VIVE O PROPÓSITO QUEM SUPORTA O PROCESSO”

Super Stars Circus

Feliz Natal

Kombucha da Si – Clique Vídeo

JR Martelinho de Ouro

Vagas – Clique Imagem

Jornal Edição de Notícias

Resumo de Notícias Mensal

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: