Mandaguari

Mandaguari distribui gratuitamente cannabis medicinal

Compartilhe no WhatsApp

De forma inédita na região, a Prefeitura de Mandaguari iniciou, na noite de quinta (30), a distribuição de cannabis medicinal para moradores com 2 anos ou mais com Transtorno do Espectro Autista (TEA) ou epilepsia refratária e que apresentaram a documentação exigida pela SMS – confira a lista completa de documentos e formulários. A entrega ocorreu no auditório do Módulo Cultural. Ao todo três moradores retiraram os produtos com CBD (canabidiol).

A prefeita de Mandaguari, Ivonéia Furtado, destacou a importância da distribuição gratuita dos remédios. “Mandaguari é pioneira nessa ação. Sou enfermeira e tenho consciência da importância dessa ação, com muita transparência e responsabilidade. São remédios aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e que custam de R$ 170 a R$ 1,7 mil”, afirma.

Com recursos próprios do município, a Adminsitração Municipal licitou cerca de R$ 868 mil em cinco produtos derivados de CBD: duas variações de Canabidiol Prati Donaduzzi, duas opções de extrato de Cannabis Sativa Greencare e uma variedade de Canabidiol Aura Pharma.

A secretária municipal de Saúde, Ane Lucena, afirmou que Mandaguari vive, atualmente, um “marco histórico”. “Isso mostra o comprometimento da atual gestão na área de saúde. Estamos investindo cerca de R$ 800 mil de recursos próprios para a distribuição dos produtos.”

A medida pioneira da Administração Municipal surpreendeu a presidente da Associação de Familiares e Autistas de Mandaguari, Fernanda Basseto: “Sinceramente, não estou acreditando que isso está acontecendo na minha cidade, no interior do Paraná”.

Autor do Projeto de Lei (PL) nº 12/2023, que regulariza a distribuição dos produtos, o vereador Sidney da Silva agradeceu a prefeita Ivonéia Furtado por ter sancionado o PL e parabenizou as equipes jurídicas do Executivo e Legislativo. “A distribuição de cannabis é uma soma de esforços. Fiz promessas a mim mesmo que iria lutar para que o projeto se tornasse realidade.”

O chefe de gabinete do deputado estadual Tercilio Turini, Willian Caetano, parabenizou a prefeita de Mandaguari por sancionar a lei em maio deste ano. “Parabéns, prefeita. Fomos trabalhando juntos para que isso se tornasse uma política pública. Demos suporte de assistência e assessoria à prefeitura. Se no hino da cidade, Mandaguari é a ‘Rainha dos cafezais’, Mandaguari hoje é a Rainha da cannabis”, disse.

O deputado estadual Soldado Adriano lembrou que, inicialmente, era contra a distribuição de produtos à base de cannabis, quando a pauta começou a ser discutida na Assembleia Legislativa do Paraná. “Eu tinha um pensamento contrário. Me sensibilizei após conversar com mães de autistas, e passei a ser um defensor da cannabis medicinal.”

DOCUMENTAÇÃO – Moradores interessados em receber os produtos à base de cannabis devem comprovar residência há pelo menos seis meses em Mandaguari e apresentar uma série de documentos, como receituário médico, laudo de solicitação do produto, ficha de acompanhamento da Estratégia Saúde da Família, cópias de exames e preencher um termo de consentimento. 

Os formulários podem ser retirados presencialmente na Farmácia Municipal e, em breve, estarão disponíveis no site da prefeitura.

FARMÁCIA MUNICIPAL
Onde 
Rua Jandira teles de Souza, 2115 – Centro 
Quando segunda a sexta: 8h às 17h (não fecha para almoço)
Mais informações (44) 3133-0813 e (44) 98402-6886 (WhatsApp)

Acompanhe o trabalho da Prefeitura em:
www.facebook.com/prefeiturademandaguari e www.instagram.com/prefmandaguari
 

Fonte: Comunicação Social da Prefeitura de Mandaguari

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Clique para ampliar

Dia da Mulher

Clique para ampliar

Kombucha da Si – Clique Vídeo

JR Martelinho de Ouro

Jornal Edição de Notícias

Resumo de Notícias Mensal

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: