Uncategorized

Jandaia do Sul apresenta resultados positivos na Saúde nos primeiros 6 meses de gestão

Compartilhe no WhatsApp

Gestão prioriza serviço humanizado e de qualidade; atendimentos médicos foram descentralizados, quase 65% da população está vacinada e recentemente foi lançado o Programa de Reabilitação Pós-Covid-19

Quando o assunto é Saúde, o bem-estar da população vem em primeiro lugar e todo cuidado faz a diferença. Em tempos de pandemia, tornou-se indispensável criar e reforçar iniciativas que favoreçam a prevenção, o combate à Covid-19 e o cuidado com o paciente. Atentos a isso e à necessidade de oferecer um atendimento diferenciado aos jandaienses, Lauro Junior e Fifa têm lançado e conduzido inúmeras ações junto ao Departamento de Saúde.

Desde janeiro, os moradores de Jandaia do Sul passaram a contar com o Centro de Tratamento da Covid-19 (CTC), que oferece atendimento especializado para pessoas acometidas pela doença. O espaço foi lançado como uma medida urgente frente à pandemia. Devido ao aumento dos casos positivados e à preocupação em manter um atendimento de qualidade e humanizado, em março o município inaugurou o Hospital de Campanha, junto ao CTC, com dez leitos de enfermaria, quatro médicos, seis enfermeiros e seis técnicos de enfermagem. Na unidade são tratados pacientes com sintomas respiratórios de baixa complexidade até o remanejamento a um hospital de referência com leitos de UTI, quando necessário.

De acordo com o diretor técnico do CTC, o médico Guilherme de Carvalho, de janeiro a junho, o Centro realizou 5.187 consultas referentes à Covid-19 e síndromes gripais. Deste total, apenas 119 pacientes foram encaminhados para hospitais de referência fora do município. “O restante foi resolvido dentro do próprio CTC. É uma unidade que ajuda muito, visto que faltam leitos suficientes nas unidades hospitalares”, observa o médico.

Sempre buscando alternativas para beneficiar a população e salvar vidas, o Município, juntamente com o Hospital Nossa Senhora de Fátima e o Governo do Estado, viabilizou a abertura de 50 leitos de enfermaria exclusivos para pacientes de Covid-19 na cidade. O atendimento, que passou a ser oferecido no dia 23 de junho, é voltado para moradores de Jandaia do Sul e de todo o Paraná.

Com o objetivo de assistir o paciente após a internação no Centro de Tratamento da Covid, no dia 28 de junho foi lançado o Programa de Reabilitação Pós-Covid-19. Ao receber alta do CTC, o paciente tem à sua disposição uma equipe multidisciplinar que irá acompanhá-lo com horárioagendado. O fisioterapeuta ajudará a fortalecer a parte respiratória; a nutricionista fará um controle da alimentação; e a psicóloga dará suporte emocional. “Esse programa é muito importante para evitar e diminuir as sequelas do pós-Covid”, afirma o doutor Guilherme de Carvalho.

Imunização

Jandaia do Sul já aplicou, até o dia 10 de julho, 10.956 primeiras doses das vacinas contra a Covid-19, atingindo a marca de 64,76% da população elegível para vacinação (com mais de 18 anos). O total de segundas doses é de 3.249. O município se destaca pela eficiência na gestão de vacinação, com nenhuma perda de dose recebida. “Assim que chegam as doses de vacinas, imediatamente fazemos a divulgação para que elas não sejam estocadas e, assim, damos continuidade ao programa de imunização, levando a vacina no braço dos jandaienses da forma mais rápida possível”, afirma o prefeito Lauro Junior.

Menos filas e atendimento descentralizado

Com a nova política de metas e resultados implantada na Prefeitura, por meio da metodologia OKR (Objectives and Key Results – em português, objetivos e resultados-chave), os gestores vislumbram zerar a fila de espera em consultas e exames. No primeiro semestre, já houve redução, mas o objetivo é diminuir ainda mais até dezembro, conforme afirma Lauro Junior. Na média geral de especialidades, Jandaia do Sul obteve redução de 31% nas filas para atendimento, com destaque para algumas que superaram esse número: Oftalmologia (62%), Gastroenterologia (69%) e Nutrição (96%).

Outra proposta que tem beneficiado a população é a descentralização dos atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde. Além de um clínico geral disponível diariamente em cada UBS, uma vez por semana as unidades têm à disposição um ortopedista, um cardiologista e um pediatra, que fazem rodízios nas UBS. Igualmente, as gestantes, que anteriormente contavam com atendimento em apenas uma unidade, agora podem contar com várias. “Nosso objetivo é descentralizar esse atendimento e deixar a Saúde mais perto do cidadão”, frisa o prefeito.

Satisfeito com os resultados obtidos até o momento, o diretor do Departamento de Saúde, Tadeu Rocco, complementa, por sua vez, que a saúde do jandaiense é prioridade. “Estamos empenhados em fazer uma gestão eficiente, humanizada e que dê resultado para a população”, afirma.

Reformas

O município está finalizando a reforma da UBS Lázaro de Paula Rodrigues, iniciou os trabalhos na UBS Doutor Wilson Nogueira (Distrito São José) e está em processo de licitação para mais quatro UBS. Jandaia do Sul terá todas as UBS e o PAM (Pronto Atendimento Municipal) totalmente reformados com recurso do Governo do Estado.

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

#Partiu Cinema

JR Martelinho de Ouro

Parabéns Arapongas

Jacovós – Parabéns Arapongas

Eudora – Isabela (43)99930-7585

Atom Academia

Clique na Imagem p/Ampliar

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: