Notícias Geral

Irritação da pele no verão: veja como cuidar de brotoejas e urticária em casa e de forma simples

Compartilhe no WhatsApp

Basta o calor chegar para as temidas brotoejas se instalarem no corpo. Sempre seguidas de urticária após o banho, bolinhas vermelhas costumam incomodar homens e mulheres, crianças e adultos.

Para celebrar o Dia do Dermatologista, conversamos com o médico dermatologista Thales Bretas, queridinho de famosos como Fiorella MattheisPaulo Gustavo (com quem é casado), e muitos outros artistas da TV, para saber o que é mito e verdade quando o assunto é irritação da pele no verão.

Anote dicas e veja como cuidar da pele de forma simples e prática em casa!

Segundo Thales, são várias as causas que podem gerar a irritação da pele no verão. As principais são o sol em excesso, que pode provocar a acne solar, e uso excessivo de produtos químicos, como protetores solares, bronzeadores ou repelentes, que é mais aplicado no verão. Os banhos mais frequentes com sabonetes que ressecam e danificam a barreira natural da pele também podem ser um problema.

 

A falta de hidratantes pode ainda desidratar a pele. E, claro, as altas temperaturas, que aumentam a transpiração, podem contribuir com a formação das famosas ‘brotoejas’.

 

O melhor jeito de tratar a brotoeja em casa é manter a pele seca, limpa e arejada.

“A aplicação de talco, seja em pó ou em forma líquida, ajuda a manter a pele mais sequinha e livre da brotoeja, que está associada ao calor e suor excessivo. Se coçar muito, deve ser associado ao uso de um antialérgico oral ou uso de um produto com corticoide tópico por tempo curto, tudo com acompanhamento de um médico dermatologista. Também é importante, para prevenção, tomar banhos mais frios e usar roupas frescas como linho e algodão, além de evitar tecidos sintéticos”, explica.

Mas será que o suor pode prejudicar ou irritar mais a pele?! Sim, é verdade! E o médico explica:

“O pH do suor é normalmente mais ácido, geralmente entre 4 e 7, enquanto o da pele é neutro, girando em torno de 7. Isso pode ser agravado pela decomposição de bactérias, como as que habitam axilas e pés. Além do mau odor, também há liberação de substâncias que podem causar reações inflamatórias na pele e gerar irritação, com vermelhidão, coceira e bolinhas vermelhas que caracterizam a urticária colinérgica”, afirma o profissional.

E, por falar em urticária, muitas pessoas apresentam o problema após o banho. Mas o que será que realmente acontece com o corpo?

“A urticária colinérgica é uma reação do próprio corpo à elevação de temperatura, como após os exercícios físicos ou os banhos quentes. Pode piorar também com a ingestão de alimentos quentes, temperados com pimenta e ingestão de bebidas alcoólicas”, afirma.

“O tratamento é baseado em medidas para diminuir o calor corporal, como roupas frescas e leves, banhos frios e o uso oral de medicamentos antialérgicos, que diminuem também tanto a coceira quanto a vermelhidão características dessa urticária. Costuma também regredir sozinha, após alguns minutos ou horas”, explica o profissional.

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Dia Internacional das Mulheres

Aravel – Clique para Ampliar

Contato – (43)99916-6212 – Simone

Depilação a Laser Crystal 3D

Atom Academia

Rádio Gospel Hits

Jornal Edição de Notícias

× Fale Conosco - Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: