Arapongas

Homenagens e muita emoção na despedida do Professor Peta

Compartilhe no WhatsApp

Um dia difícil para a educação e o esporte de Arapongas. Assim o prefeito Sérgio Onofre resumiu este sábado (14), quando familiares, professores e amigos deram o adeus a Luiz Roberto dos Santos, o Professor Peta. Atleta brilhante nos anos 60 e 70 como jogador de futebol e basquete, ele foi depois professor de educação física, diretor de colégio e ultimamente ocupava o cargo de secretário de Educação. Peta faleceu na tarde de sexta (13), aos 70 anos, e foi velado no Ginásio de Esportes Municipal, onde sua estrela brilhou como jogador. Além do depoimento de familiares e amigos, emocionaram a homenagem da fanfarra do Colégio Estadual Emílio de Menezes e o toque de Silêncio.

“Através do Peta, muitos dos nossos jovens se apaixonaram pelo esporte e pela educação. É uma grande perda para Arapongas”, afirmou Sérgio Onofre. O prefeito ressalta que nos próximos dias começa a distribuição dos kits escolares, beneficiando milhares de estudantes da rede municipal, um trabalho que Peta vinha acompanhando passo a passo e com o qual estava muito empolgado. O vice-prefeito Jair Milani também lamentou a morte do secretário. “A história do esporte e da educação de Arapongas se entrelaça com a história do Peta. Sentimos muito a notícia da sua morte”, salientou.

Amigos do esporte não escondiam as lágrimas. “Foi como um pai para mim. Eu sempre tive um carinho e um respeito muito grande por ele e por toda a família”, afirmou o vereador Levi do Handebol, que estava em Curitiba ao saber da morte de Peta. De Curitiba também veio especialmente para o último adeus o ex-jogador Sebastião Carlos Bressan. Um craque da época, Bressan chegou ao profissionalismo aos 21 anos, atuando por Arapongas. Com uma equipe muito bem formada, Bressan acumulou por Arapongas, por cinco vezes consecutivas (1969-1973), o título de campeão dos Jogos Abertos do Paraná. Depois foi morar em Apucarana, onde lecionou por 30 anos, e hoje está em Curitiba. “Eu comecei a jogar com o Peta em 1970. O que posso dizer? Perdi um irmão”, comentou Bressa, emocionado. “Eu dividi muitas experiências com ele, dentro e fora da quadra, aprendemos muito através do esporte. Quando soube da sua morte, eu sabia que não poderia estar em nenhum outro lugar do mundo que não fosse aqui, ao lado da família, para trazer o último adeus”, acrescenta Bressan.

Cronistas esportivos da região também registraram o falecimento de Peta. “Meu professor de basquete e futebol no início da década de 90 na Unopar. Craque nas duas modalidades, Peta foi atleta profissional no Arapongas Esporte Clube em 1976, quando disputou o Paranaense da Segunda Divisão. Na mesma cidade, mas no basquete, foi multicampeão dos Jogos Abertos do Paraná nas décadas de 60 e 70, jogando ao lado de Bressan, Zinzinho, Zinzão, Albano, Fuganti, entre outros, com o comando do professor Dirceu Marino. Por Arapongas, também no basquete, disputou o Campeonato Brasileiro no início da década de 70. Pela mesma modalidade, já mais experiente, foi campeão dos Jogos Abertos do Paraná em 1983, defendendo Apucarana na competição que aconteceu em Ponta Grossa. Na final os apucaranenses venceram Goioerê. Com o comando de Áureo Caixote, a equipe também contava com Bressan, Alex, Aquiles, Carlão, Luís Limper, entre outros”, contou Raul César dos Reis, de Apucarana, que durante anos assinou a página esportiva da Tribuna do Norte e narrou competições esportivas pelas emissoras de rádio locais.

Lideranças políticas também passaram pelo Ginásio ao longo do dia, entre elas a deputada federal Luíza Canziani, ao lado do seu pai, o ex-deputado federal e hoje secretário de Governo da Prefeitura de Londrina, Alex Canziani, e o deputado estadual Pedro Paulo Bazana, além de secretários municipais e vereadores.

Na segunda-feira (09), Peta foi atendido no Honpar com sintomas de dengue. Depois, foi encaminhado para Londrina, onde foi atendido no Hospital do Coração, onde teve complicações e acabou encaminhado para a UTI. Na quinta-feira (12), as primeiras informações deram conta de que seu quadro era de miocardite. A esse quadro somaram-se algumas complicações renais. Peta não resistiu e faleceu no final da tarde de sexta-feira (13).

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Tonél Decor

Vendo ou Troco Apartamento

Dia das Mães

Fala Aí – 87,9 FM

JR Martelinho de Ouro

Açucaradus

Atom Academia

Promoção Beneficente 22/05

Cursos Gratuitos

Clique na Imagem p/Ampliar

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: