Apucarana

Grupo faz manifestação em apoio ao presidente Bolsonaro, em Apucarana

Compartilhe no WhatsApp

Um grupo de simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro realizou uma manifestação na tarde deste domingo (15), na Praça Rui Barbosa, no centro de Apucarana. Outros atos pró-governo também ocorreram em Curitiba, no Distrito Federal e em outras cidades do país.

Os manifestantes chegaram à tarde vestidos com camisetas do Brasil. Eles entregaram fitas nas cores verde e amarela para motoristas simpatizantes que passavam pelo local.

A manifestação em Apucarana teve a presença do deputado estadual, delegado Jacovós. De acordo com ele, a manifestação ocorreu em defesa do Brasil para que os eleitores de Bolsonaro possam defender o governo federal.

(Foto: Tribuna do Norte)

Em Curitiba, os manifestantes começaram a se reunir por volta das 14h, no calçadão da Rua XV, no Centro. Vestidos de verde e amarelo ao redor de três carros de som, eles cantaram o hino nacional e gritaram palavras de ordem em apoio ao presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Capitais como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Belém registraram protestos pacíficos. Com a pandemia de coronavírus, autoridades de Saúde haviam pedido que população evitasse eventos com grandes aglomerações.

DISTRITO FEDERAL

Mesmo após decreto do Governo do Distrito Federal (GDF) proibir eventos que reunissem público superior a 100 pessoas, em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), um grupo de pessoas foi às ruas de Brasília. Vestindo roupas e portando bandeiras verdes e amarelas, além de cartazes contendo frases contra o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF), os manifestantes marcharam pela Esplanada dos Ministérios até o gramado em frente ao Congresso Nacional. Eles foram seguidos por uma carreata. A Polícia Militar do DF não estimou o número de participantes.

A comitiva de carros do presidente Jair Bolsonaro saiu do Palácio da Alvorada, residência oficial, por volta das 12h20 e percorreu o centro da capital. No Eixo Monumental, uma das principais vias da cidade, a comitiva chegou a ser acompanhada pelos carros que participavam da carreata. Em seguida, o presidente foi até o Palácio do Planalto. Do alto da rampa, seguiu acompanhando a manifestação, com as pessoas se aglomerando em frente ao prédio. O momento foi transmitido ao vivo, em sua página no facebook. Em seguida, ele desceu para ficar mais próximo do público. Separado por grades, a pouco mais de um metro de distância, o presidente conversou, cumprimentou com toque e apertos de mão, e tirou fotos com os simpatizantes por pouco mais de uma hora.

Jair M. Bolsonaro
✔@jairbolsonaro

👍🇧🇷

Vídeo incorporado

8.677
14:59 – 15 de mar de 2020
Informações e privacidade no Twitter Ads

3.026 pessoas estão falando sobre isso

“Não tem preço o que esse povo está fazendo, apesar de eu ter sugerido, não posso mandar, a manifestação não é minha, o adiamento, por causa desse vírus”, disse o presidente durante a transmissão. Ele também defendeu a manifestação, que classificou como “espontânea”. “Nós políticos temos como mudar o destino do Brasil. Não é um movimento contra nada, é um movimento a favor do Brasil”.

Em suas redes sociais, Bolsonaro vem postando, desde a manhã, diversos vídeos e imagens das manifestações pelo país. Na última quinta-feira (12), em pronunciamento veiculado em cadeia nacional de rádio e televisão, o presidente classificou as manifestações como “legítimas” e “expressões da liberdade”, mas recomendou que, em meio à pandemia de coronavrírus, as pessoas repensassem a ida às ruas .

Com Agência Brasil

Molicenter – Ofertas até 05/04

Carol – Papelaria – Presentes

Atom Academia

Carol Papelaria – Comunicado

Restaurante Facchiano

Rádio Gospel Hits

Canal André Silva

Jornal Edição de Notícias