Paraná em Notícias

Governo do Estado tem obras adiantadas em cinco contornos rodoviários

Compartilhe no WhatsApp

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), autarquia da Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL), concluiu os trabalhos no Contorno Noroeste de Francisco Beltrão, na região Sudoeste, e no Contorno Sul de Wenceslau Braz, no Norte Pioneiro, ambos inaugurados na semana passada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior.

Enquanto estes dois novos segmentos da malha rodoviária já estão liberados para o tráfego de veículos, outras iniciativas semelhantes estão em andamento em outras regiões do Estado, além de já integrarem o planejamento de obras para a próxima década.

O Contorno Norte de Castro, nos Campos Gerais, atingiu a marca de 71,08% de execução. Esta nova ligação entre a PR-151 e a PR-090 vai retirar o tráfego de veículos pesados do centro do município, além de facilitar o acesso de produtores rurais à malha rodoviária. O investimento na obra é de R$ 90.817.518,25.

A duplicação do Contorno Oeste de Cascavel, na região Oeste, uma parceria do Governo do Paraná, com governo federal e Itaipu Binacional, está 94,51% concluída, com basicamente serviços complementares sendo executados para encerrar os trabalhos. O investimento na obra é de R$ 69.739.000,00.

O Contorno Oeste de Marechal Cândido Rondon, também na região Oeste, ligação entre a PRC-467 e a BR-163, será uma alternativa para os condutores de longa distância da rota Guaíra-Foz do Iguaçu, reduzindo o movimento de caminhões no perímetro urbano. Com investimento de R$ 24.061.085,87, a obra está com 57,71% de execução.

Por meio de acordo judicial com uma das antigas concessionárias de pedágio do Anel de Integração, já foi implantado o Contorno de Peabiru na região Centro-Oeste e está em andamento o Contorno de Jandaia do Sul, no Vale do Ivaí, já com mais de 50% de execução. Dentro do mesmo acordo ainda está previsto o Contorno de Arapongas, no Norte, com pendências sendo resolvidas para realizar a obra.

Outro dois devem ser implantados nos próximos anos, ambos nos Campos Gerais: Contorno de Arapoti e Contorno de Ventania. Eles estão previstos em uma parceria da Klabin com o Governo do Estado, através da Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL), Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) e a Secretaria da Fazenda, para execução de obras de infraestrutura no valor de até R$ 450 milhões até 2026.

E outro contorno com projeto em andamento na Agência de Assuntos Metropolitanos (Amep) é o novo Contorno Sul de Curitiba. Ele será uma continuação da atual PR-423, na ligação entre a Rodovia do Xisto, em Araucária, com Curitiba e Fazenda Rio Grande, na BR-116. O trecho contará com pavimento em concreto e irá funcionar como um segundo anel de desvio na região sul da Capital, tirando cerca de 25% do tráfego do atual Contorno Sul na interseção com a BR-116, na região do Ceasa. 

LOTES – Dentro das novas concessões rodoviárias do Paraná estão previstas obras para revitalizar contornos existentes e implantar novos em municípios cujo tráfego de veículos pesados no perímetro urbano é uma fonte de congestionamentos e acidentes.

No Lote 1, em Curitiba, será duplicado o Contorno Norte e ampliada a capacidade de tráfego do Contorno Sul, que ficará com quatro pistas em cada sentido. No Lote 3, em Ponta Grossa serão implantados o Contorno Leste e Contorno Norte, interligados, e contornos em Califórnia e Apucarana. No Lote 4 estão previstos o Contorno Norte de Londrina e os contornos de Nova Londrina e de Itaúna do Sul, e no Lote 6 o Contorno de Marmeleiro.

Agência Estadual de Notícias

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Clique para ampliar

Dia da Mulher

Clique para ampliar

Kombucha da Si – Clique Vídeo

JR Martelinho de Ouro

Jornal Edição de Notícias

Resumo de Notícias Mensal

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: