Paraná em Notícias

Escritórios de engenharia das universidades estaduais já beneficiam 31 municípios

Compartilhe no WhatsApp

O Governo do Estado está beneficiando pequenos municípios por meio da elaboração de projetos de construção civil e obras públicas elaborados pelas universidades estaduais, com foco na melhoria da infraestrutura urbana e de serviços para os cidadãos. Os desenhos técnicos são desenvolvidos nas unidades do Escritório de Projetos Executivos de Engenharia e Arquitetura (Projetek), instalados entre os anos de 2021 e 2022 nas sete instituições estaduais (UEL, UEM, UEPG, Unioeste, Unicentro, UENP e Unespar).

Os escritórios acadêmicos foram idealizados para atender, de forma gratuita, demandas de cidades com até 30 mil habitantes, que geralmente não dispõem de setores de projetos ou profissionais das áreas de Engenharia e Arquitetura e Urbanismo. A iniciativa é da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), com amparo no Programa de Estímulo às Ações de Integração Universidade, Empresa, Governo e Sociedade, denominado Agência de Desenvolvimento Regional Sustentável (Ageuni).

Até o momento, 31 municípios buscaram o apoio do Projetek, com alcance de quase todas as regiões do território paranaense, como Campos Gerais, Centro-Oeste, Centro-Sul, Norte, Norte Pioneiro, Oeste e região Central. Juntas, essas cidades contrataram 39 projetos executivos para diferentes tipos de edificações (escolas, museus, centros de atendimento, arenas esportivas, barracões industriais, etc), além de reformas e paisagismos. Atualmente, 35 desses projetos estão em elaboração e outros quatro em fase de prospecção.

As equipes do Projetek das universidades estaduais de Londrina (UEL) e do Centro-Oeste (Unicentro) já finalizaram e entregaram projetos para dois municípios cada. É o caso de Cafeara e Lupionópolis, no Norte do Paraná, que agora vão licitar um galpão geminado de 800 metros quadrados e construir novos banheiros em um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI), respectivamente.

Na região Central, as prefeituras de Nova Tebas e Turvo contrataram a Unicentro para elaborar projetos para construção de novas salas de aula em um CMEI e modernização de fachada e paisagismo do Paço Municipal, com elementos que remetam à cultura local. O primeiro projeto teve a obra orçada em R$ 249,6 mil, sendo entregue há pouco mais de um mês para a Secretaria Municipal de Obras de Nova Tebas. O outro projeto contemplou a modelagem paisagística e de revitalização de uma praça e foi entregue no final de julho para o município de Turvo.

Segundo o diretor de Ciência e Tecnologia da Seti, Marcos Aurélio Pelegrina, esses escritórios acadêmicos atendem um dos principais desafios de gestores públicos em municípios de pequeno porte. “Para captar recursos para o financiamento de obras públicas de infraestrutura urbana e predial, os municípios precisam apresentar projetos executivos de engenharia”, afirma. “O Projetek contribui para a qualificação de profissionais voltados para o atendimento de demandas do setor público, evitando gastos extras para os cofres públicos municipais”.

TREINAMENTO – Os projetos são desenvolvidos por bolsistas selecionados entre estudantes de graduação dos cursos de Engenharia Civil, Engenharia Elétrica e Arquitetura e Urbanismo, e profissionais formados nessas áreas e registrados nos conselhos de classe. Essas equipes multidisciplinares também desenvolvem trabalhos para as instituições estaduais de ensino superior, como forma de treinamento e capacitação. Professores experientes dos quadros de docentes das universidades são responsáveis pela orientação e supervisão de todas as atividades.

TECNOLOGIA – Em conformidade com a legislação vigente para obras e serviços de Engenharia na Administração Pública, todas as unidades do Projetek utilizam tecnologia BIM, sigla em inglês para Building Information Modeling ou Modelagem de Informações da Construção, em tradução livre. Os computadores são equipados com softwares licenciados para essa tecnologia, que possibilita a atuação simultânea e colaborativa das áreas envolvidas nos projetos de edificações e instalações e modelos digitais mais precisos para as diferentes fases das obras.

O intuito do Projetek é proporcionar a qualidade das obras com execução em menos tempo e otimização de recursos financeiros. O portfólio de serviços contempla projetos arquitetônicos, estruturais, elétricos, hidrossanitários e de prevenção contra incêndio e pânico para empreendimentos de vários segmentos, como educação, saúde, segurança, cultura e saneamento.

Conheça as 31 cidades que já aderiram ao Projetek e os projetos contratados em benefício dos cidadãos:

Campos Gerais

Arapoti – Revitalização de um campo de futebol

Carambeí – Construção de um centro de informações turísticas

Ivaí – Construção de um centro de reabilitação e hidroterapia

Ortigueira – Construção do Paço Municipal

Piraí do Sul – Construção de um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI)

Porto Amazonas – Construção de um Centro de Referência de Assistência Social (Cras)

São João do Triunfo – Construção do Paço Municipal

Sengés – Construção de uma escola de tempo integral

Tibagi – Construção do Paço Municipal

Central

Boa Ventura do São Roque – Reforma de museu

Nova Tebas (3 projetos) – Ampliação de Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI), construção de museu e projeto de prevenção de incêndio e desastres para escola

Pitanga – Reforma e ampliação da Associação dos Municípios do Centro do Paraná (Amocentro)

Santa Maria do Oeste (3 projetos) – Construção de museu, casa popular e galpão para estação de tratamento de resíduos

Turvo – Reforma da fachada do Paço Municipal

Norte

Assaí – Reforma e ampliação de colégio estadual de ensino profissionalizante

Cafeara (2 projetos) – Ampliação de um galpão geminado e construção de uma rotatória

Guaraci – Construção de um galpão (em prospecção)

Lupionópolis (3 projetos) – reforma de banheiros de Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) e construção de um berçário e playground para CMEI

Prado Ferreira – Reforma e ampliação de um galpão (em prospecção)

Primeiro de Maio – Construção de capela fúnebre (em prospecção)

Tamarana – Construção de um terminal de ônibus

Sabáudia (2 projetos) – Reforma e ampliação do Clube Municipal e reforma do jardim do Clube Municipal

Sertanópolis – Reforma e ampliação de uma arena de esportes (em prospecção)

Norte Pioneiro

Curiúva – Construção de um centro de atendimento ao idoso

Oeste

Iguatu (2 projetos) – Ampliação do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) e da Escola Municipal Cecília Meireles

Centro-Sul

Foz do Jordão (3 projetos) – Construção do portal de entrada da cidade e de dois centros de convivência para idosos

Nova Laranjeiras – Construção de um centro de convivência de idosos

Reserva do Iguaçu – Reforma de espaço da antiga rodoviária para um centro de setorização

Centro-Oeste

Corumbataí do Sul – Ampliação de uma escola

Nova Cantu (2 projetos) – Construção de um complexo esportivo e reforma da quadra esportiva

Peabiru – Urbanização de galerias, pavimentação e calçamento

Agência Estadual de Notícias

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Clique para ampliar

Kombucha da Si – Clique Vídeo

JR Martelinho de Ouro

André Quiroga

Clique para ouvir

Noite de Queijos e Vinhos

Jornal Edição de Notícias

Resumo de Notícias Mensal

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: