Arapongas

Delegacia da Mulher já está funcionando em Arapongas

Compartilhe no WhatsApp

Em solenidade realizada na manhã desta quinta-feira (07), foi formalizada a cessão do imóvel localizado na Rua Beija-Flor, 273, para a Polícia Civil, onde passa a funcionar a Delegacia da Mulher de Arapongas. De imediato, passam a funcionar no local os serviços da Lei Maria da Penha e do Botão do Pânico. Nos próximos dias, tão logo a sede passe a integrar a rede de comunicação da Polícia Civil, assume também a equipe da Delegacia da Mulher, tendo à frente a delegada titular Thaís Orlandini Pereira. “Esse é um momento muito importante, que fecha com êxito uma luta de anos envolvendo o poder público, as polícias civil e militar, a Guarda Municipal, a OAB, o Conselho de Segurança e várias outras entidades. Arapongas precisava, e muito, deste avanço que, com certeza, será um marco para a segurança no município”, afirma o prefeito Sérgio Onofre.

Alexandre Macorin de Lima, delegado-chefe da Divisão de Polícia Especializada do Paraná, que engloba as 21 Delegacias da Mulher, disse que o investimento em Arapongas só saiu em função da luta do prefeito Sérgio Onofre e o apoio das entidades locais. “Para que vocês tenham uma ideia, nós temos pronto um ofício modelo para negar todos os pedidos de Delegacia da Mulher. Sabemos que é uma reivindicação importante e legítima dos municípios, mas no momento não temos efetivo e nem recursos”, afirmou Macorin. “Porém, vocês têm um prefeito influente e que luta muito. Mesmo nesse quadro de dificuldades, o Sílvio Rockembach, delegado geral da Polícia Civil, disse: ‘A Delegacia da Mulher de Arapongas tem que sair’”, assinalou Macorin. Segundo ele, em 45 dias a unidade de Arapongas deverá ser referência para todo o Estado. “No que depender de nós, a delegada Thaís terá todo o apoio para executar da melhor forma possível o seu trabalho”, destacou Macorin.

O delegado adjunto da 22ª. Subdivisão Policial (SDP) de Arapongas, Ricardo Jorge Rocha Pereira Filho, ao falar sobre a importância da conquista, frisou que agora a Polícia Civil terá mais tempo para o combate ao crime, uma vez que as agressões contra a mulher passarão a ser tratadas por uma delegacia especializada. Seu trabalho no projeto da Delegacia da Mulher de Arapongas, com dados estatísticos e argumentos que fundamentaram a importância do investimento no município, foi destacado pela delegada Thaís Orlandini. O deputado estadual Tiago Amaral também esteve presente. “Desde o início da gestão, dois projetos principais foram colocados pelo prefeito Sérgio Onofre na área da segurança: a Delegacia da Mulher e a construção do Centro de Detenção Provisória. A Delegacia da Mulher está se tornando realidade hoje e o CDP já tem recursos assegurados e será licitado ainda neste ano”, afirmou o deputado, que é membro da Comissão de Orçamento da Assembleia Legislativa.

O evento também teve a presença do secretário municipal de Segurança Pública e Trânsito, Paulo Sérgio Argati, comandante da 7ª. CIPM, capitão Humberto Cavalcante, vereadores Miguel Messias, Toninho da Saúde, Pastor do Mercado, Levi Xavier e Agnelson Galassi, presidente do Conselho Comunitário de Segurança, advogado Luiz Yokomizo, o presidente da subseção local da OAB, José Vitor Al Majida de Almeida Junior, representantes Comissão da Mulher Advogada, da Guarda Municipal, do Corpo de Bombeiros, Clubes de Serviço e outras entidades.

Ofertas Molicenter – até 01/12

Farmácia São Lucas

Encontro de Violeiros – Canal 38

Molipark – Reservas (43)99657-0277

Inauguração Obras Rua Pavão

Rádio Gospel Hits

Solução Informática e Tecnologia

Jornal Edição de Notícias