Geral

Curso do Estado capacita para atendimento a animais vítimas de desastres naturais

Compartilhe no WhatsApp

As inscrições para o curso de Manejo de Animais em Situação de Desastres estão abertas até o dia 30 deste mês. A capacitação é online, gratuita e aberta a todos os interessados. O objetivo é melhorar o atendimento e o bem-estar de animais domésticos, silvestres e de produção.

A ação é promovida pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), em parceria com a Proteção Animal Mundial (World Animal Protection). A Defesa Civil do Paraná e o Conselho Regional de Medicina Veterinária também fazem parte da iniciativa.

Podem participar profissionais e estudantes de áreas relacionadas ao tema e o público em geral. As emergências e desastres ambientais, causados ou não pela ação humana, vêm aumentando nos últimos anos. O rompimento de barragens, queimadas e deslizamentos de terra são exemplos recentes de casos ocorridos no Brasil, que geram situações extremas de sofrimento e danos às populações humana e não humana.

“Esses animais desempenham papel importante, seja no núcleo familiar, na produção animal ou nos ecossistemas”, explicou o secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes. “Cuidar deles é se preocupar com o equilíbrio da natureza”.

Programas do Estado são inscritos no 28º Prêmio Expressão Ecologia
CastraPet encerra 1ª fase em SJP; ciclo teve 15 mil animais esterilizados
Os agentes da Defesa Civil, além de atender as famílias nessas ocorrências, também dão uma atenção especial para os animais de companhia. Em muitos casos, dependendo do porte e tipo do animal, é preciso contar com ajuda de voluntários e profissionais especializados.

“O curso contribuirá para a criação e implementação da Rede Estadual de Manejo de Animais em Desastres (Remad), que tem objetivo de desenvolver estratégias e ações voltadas à gestão de risco e ao manejo e proteção de animais em desastres no Estado do Paraná”, disse o coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Fernando Schunig.

JULHO DOURADO – Com as aulas realizadas no mês que vem, o curso marcará o Julho Dourado. Instituído pela Lei Estadual nº 19.472/2018, que tem como objetivo motivar a população para que reflita sobre a saúde e bem-estar animal. “Precisamos realizar o manejo desses animais em desastres de maneira mais rápida e eficiente para garantir a sua sobrevivência e bem-estar”, ressaltou a bióloga e coordenadora de Recursos Naturais da Secretaria, Fernanda Góss Braga.

Papagaios vítimas de tempestade recebem alta e retornam à natureza
INSCRIÇÕES – A capacitação é gratuita, disponibilizada em formato EaD pelo Núcleo de Educação a Distância da Unicentro (NeadUnicentro), da Universidade Virtual do Paraná. Os interessados podem se inscrever AQUI até o dia 30 de junho e todas as informações serão enviadas para o e-mail cadastrado.

O curso é aberto a profissionais e estudantes de áreas relacionadas ao tema e o público em geral. É importante que todas as informações prestadas no momento da inscrição estejam corretas, a fim de evitar a não confirmação da matrícula.

MÓDULOS – São 13 módulos que vão tratar os seguintes assuntos: terminologia e conceitos; gestão de riscos de desastres; papel do médico veterinário na gestão integral de riscos; adaptação à mudança climática; segurança em emergência; sistema de comando de incidentes; avaliação de danos e análise de necessidades para planejamento de operações (ADAN); triagem; animais de companhia; legislação; animais de busca e resgate; bem-estar animal; e processo de evacuação de animais.

O curso começa dia 12 de julho, com carga horária de 40 horas e duração de três meses, respeitando disponibilidade do cursando.

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Clique na Imagem p/Ampliar

Aravel

JR Martelinho de Ouro

Atom Academia

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: