Arapongas

Cuidado! Seu lixo pode ferir e contaminar os funcionários da coleta

Compartilhe no WhatsApp

Em meio às prevenções para enfrentamento do coronavírus (CODIV-19), a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Seaspma) alerta toda a população quanto ao descarte correto do lixo, tanto o comum como o reciclável. As orientações reiteram que todo e quaisquer tipos de lixo devem ser devidamente embalados, seguindo as recomendações para que não haja contaminação. “Vale sempre ressaltar que o lixo orgânico, como restos de alimentos, deve ser descartado separadamente do lixo reciclável. Ao separar o lixo, é preciso que as pessoas tenham os cuidados de limpeza importantes nesse momento que estamos vivendo, higienizando as mãos, antes e após o manuseio do lixo, para que não haja a chance dos coletores se infectarem. Regras básicas e muito válidas para a saúde de todos nós. Vamos pensar e agir com empatia e atenção para que os nossos profissionais não venham a apresentar danos na saúde. Eles estão trabalhando para manter a cidade limpa, mesmo em meio a todo esse caos”, reforça o secretário do Meio Ambiente, Renan Manoel.

MATERIAIS CORTANTES – Em especial, o secretário reforça também a atenção redobrada que todos devem ter para descartar os materiais perfuro-cortantes, como vidros, agulhas, metais, entre outros que possam ocasionar cortes ou perfurações – propensos também à contaminação dos profissionais. É necessário que todos esses objetos estejam bem embalados. Fazer isso é simples, basta:
1 – Envolver bem os pedaços de vidro em várias folhas de jornal ou plástico bolha, colocando-os em uma caixa de papelão.
2 -Corte uma garrafa pet e deposite os pedaços de vidro. Em seguida, utilize a parte superior da garrafa para fechá-la. É necessário vedá-la com uma fita adesiva.
3- Caso o vidro seja reciclável, como embalagens de bebidas, alimentos ou cosméticos, verifique o dia da coleta seletiva em seu bairro e descarte o material junto com o lixo limpo, porém escreva no pacote que contém VIDRO.

Conforme a Sanetran – empresa responsável pela coleta de resíduos orgânicos em Arapongas, e a Seaspma, um novo caso de acidente de trabalho foi registrado do último sábado(21), com um dos coletores, devido a materiais cortantes mal embalados. “Infelizmente, casos como esse são comuns. Por isso é necessário uma mobilização cada vez maior. Diante da pandemia que temos enfrentado em todo o mundo, os próprios coletores também estão com medo de uma possível contaminação. Por isso, reforçamos que todos nós façamos a nossa parte e que possamos separar todo o lixo corretamente, da maneira mais segura para ambas as partes”, finaliza Renan Manoel.

Molicenter – Ofertas até 05/04

Carol – Papelaria – Presentes

Atom Academia

Carol Papelaria – Comunicado

Restaurante Facchiano

Rádio Gospel Hits

Canal André Silva

Jornal Edição de Notícias