Cambira

Cambira: Mulher diz que está sendo ameaçada de morte por não ceder a assédio

Cambira: Mulher diz que está sendo ameaçada de morte por não ceder a assédio
Cambira: Mulher diz que está sendo ameaçada de morte por não ceder a assédio
Compartilhe no WhatsApp

Um boletim de assédio seguido de ameaça foi registrado por uma mulher no Destacamento da PM de Cambira na manhã desta quinta-feira (25).

A solicitante, que reside em uma propriedade rural localizada na Estrada do Cruzeiro, relatou que há cerca de seis meses ela e seu irmão concederam permissão para que um indivíduo morasse em uma das casas do Sítio.

Por conseguinte, esse indivíduo passou a investir sexualmente contra ela, dizendo que iria beijá-la a qualquer momento, e que diante da negativa por parte dela, ele passou a xingá-la de vagabunda, filha da puta, que ela não era nenhuma puritana.

Segundo ela, ele disse ainda que se estivesse ingerido bebida alcoólica ele teria a matado. E que à partir de hoje a denunciante estaria em sua mira.

A vítima relatou também que reside no mesmo sítio que o autor, e que desde então se sente com medo de qualquer investida.

A mulher afirma ainda que o irmão presenciou a ação, entretanto não fez qualquer intervenção.

A vítima foi devidamente orientada quanto aos procedimentos a serem seguidos.

(As informações constam no relatório do 10º Batalhão da Polícia Militar).

 

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Teologia Sitemática

Vendo ou Troco Apartamento

Fala Aí – 87,9 FM

JR Martelinho de Ouro

Prefeitura de Jandaia do Sul

Atom Academia

Clique na Imagem p/Ampliar

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: