Borrazópolis

Borrazópolis planeja adotar concentradores de ar como alternativa aos cilindros de oxigênio para fornecimento domiciliar

Compartilhe no WhatsApp

A Secretaria Municipal da Saúde, liderada pelo secretário Marcos Piva, está empenhada em uma iniciativa inovadora visando melhorar o fornecimento de oxigênio domiciliar. O objetivo é substituir os cilindros tradicionais por concentradores de ar, oferecendo potencialmente maior conforto e segurança aos pacientes que dependem desse recurso vital.

Os concentradores de ar são dispositivos projetados para produzir oxigênio de forma contínua, eliminando a necessidade frequente de reposição de cilindros. Ao serem conectados à rede elétrica, esses equipamentos têm o potencial de garantir um fornecimento mais estável e sustentável de oxigênio, atendendo às necessidades dos pacientes de forma mais eficaz.

Embora a transição para os concentradores de ar ainda não tenha sido concluída, o secretário Marcos Piva destaca que essa mudança representa uma resposta às crescentes demandas da comunidade e uma estratégia para otimizar os recursos disponíveis. “Com os concentradores, poderemos atender a todos os pacientes que necessitam de oxigênio domiciliar, seja de forma contínua ou em situações emergenciais”, enfatiza Piva.

Atualmente, o município continua a fornecer oxigênio domiciliar utilizando os cilindros tradicionais, atendendo a um total de 14 pessoas, com uma média mensal de 66 cilindros utilizados para essa finalidade. A substituição gradual por concentradores de ar é um passo importante que pode reduzir a dependência desses cilindros no futuro.

Essa iniciativa está em consonância com os esforços da Secretaria Municipal da Saúde em promover o acesso universal a serviços de saúde de qualidade e em buscar soluções inovadoras para os desafios enfrentados pela comunidade. A transição planejada para os concentradores de ar representa um avanço significativo na melhoria da assistência domiciliar e no bem-estar dos pacientes que dependem do oxigênio para sua qualidade de vida.

A equipe de saúde municipal está comprometida em acompanhar de perto o processo de transição e em oferecer suporte aos pacientes durante todo o período de adaptação. A implementação bem-sucedida dessa mudança representará um marco importante na prestação de serviços de saúde no município, demonstrando o compromisso contínuo com o cuidado e o bem-estar da comunidade.

Pref. de Borrazópolis

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Dia do Trabalhador

Clique para ampliar

Kombucha da Si – Clique Vídeo

JR Martelinho de Ouro

André Quiroga

Festa do Milho

Pedal de São Benedito

Jornal Edição de Notícias

Resumo de Notícias Mensal

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: