Apucarana

BETO PRETO AFIRMA QUE 16ª RS DE APUCARANA PODE SER INCLUÍDA EM QUARENTENA QUE RESTRINGE ATIVIDADES ECONÔMICAS

Compartilhe no WhatsApp

SEGUNDO O SECRETÁRIO BETO PRETO, O LOCKDOWN PODE ACONTECER CASO O NÚMERO DE INFECÇÕES DE CORONAVÍRUS NÃO APRESENTE UMA DIMINUIÇÃO.
O secretário de Estado da Saúde do Paraná, Beto Preto, afirmou em entrevista jornal local na edição deste sábado (4) que os municípios jurisdicionados à 16ª Regional de Saúde (RS) de Apucarana correm o risco de serem adicionados ao decreto que determinou, nesta semana, medidas mais restritivas para 134 municípios do Estado. As novas determinações têm por objetivo ‘frear’ a propagação do Coronavírus nestas cidades. A justificativa de Beto Preto seria porque o Vale do Ivaí tem registrado nos últimos dias um aumento na velocidade da propagação do Covid-19.

Na terça-feira (30), saiu um novo decreto, dessa vez mais restritivo, que restringe o funcionamento de serviços não essenciais em 134 municípios das regiões de Londrina, Cascavel, Toledo, Cornélio Procópio, Foz do Iguaçu, Cianorte, mais Curitiba e região metropolitana.

Depois dessa decisão, o secretário estadual da saúde Beto Preto, em entrevista ao jornal Meio Dia Paraná de quarta-feira (1º) comentou sobre as novas medidas restritivas, que impõem o fechamento de atividades não essenciais em sete regionais do estado. Segundo o secretário, o lockdown pode acontecer caso o número de infecções de Coronavírus não apresente uma diminuição. O momento agora, para Beto Preto, é do governo ser mais duro nas medidas, disse ele na mesma entrevista ao jornal Meio Dia Paraná.

Cobrança
Beto Preto recentemente foi cobrado pelo prefeito de Londrina Marcelo Belinati, em live porque ocorreram as restrições na cidade de Londrina e não em Apucarana. Após isso, o secretário mudou o discurso e está falando da possibilidade de restrições em toda 16ª Regional de Saúde (RS) de Apucarana.

Se os índices de vagas para pacientes com Coronavírus no Hospital da Providência de Apucarana não estão melhores é porque foi determinado o envio de infectados pela doença de outras regiões do Paraná para Apucarana.

O Portal de Notícias do Canal 38, trouxe a informação com exclusividade e alertou para o problema que poderia ocorrer, já que não existia estrutura e pessoas capacitadas e equipamentos suficientes para evitar contaminações, mas infelizmente isso acabou ocorrendo tanto na cidade de Arapongas como em Apucarana. O Hospital do Norte do Paraná (Honpar) chegou a ser fechado para atendimento de pacientes por tamanha contaminação dos profissionais da saúde, e em Apucarana o destaque negativo foi para pelo menos dois médicos do Hospital da Providência contaminados, Um deles inclusive foi transferidos para São Paulo e outro para a Curitiba.

Molicenter – Ofertas até 09/08

Três obras para mudar parte do centro de Arapongas

Contato – (43)99916-6212 – Simone

Atom Academia

Restaurante Facchiano

Famintu’s Pet

Boca no Trombone Arapongas

Rádio Gospel Hits

Canal André Silva

Jornal Edição de Notícias

× Fale Conosco - Anuncie no site