Apucarana

Bebê que tinha doença rara falece em Apucarana

Compartilhe no WhatsApp

Familiares e amigos confirmaram a morte do bebê apucaranense Raví Leite de Oliveira, criança que tinha uma doença rara e estava internado desde que nasceu. O garotinho tinha 9 meses. 

Segundo a família de Raví, ele foi diagnosticado com a Atrofia Muscular Espinha (Ame), tipo 1, e precisava do remédio mais caro do mundo. O bebê estava internado desde que nasceu no Hospital da Providência, em Apucarana, por não ter o respirador. 

A doença genética é rara e progressiva, que afeta a capacidade de caminhar, comer e respirar. O remédio que Raví precisava, de acordo com a família, se chama Zolgensma e custa R$ 12 milhões.

A morte da criança gerou grande comoção na cidade.

“É com muita dor que venho comunicar o falecimento do nosso bebê guerreiro Ravi. Ravi foi um guerreiro e lutou muito, Deus o recolheu mais ficará sempre em nossos corações”

“Hoje o dia esta mais escuro mais triste Deus recolheu nosso príncipe Ravi meu coração esta despedaçado com muita tristeza não tive a alegria de pegar você em meus braços meu pequeno .te amo muito . Nosso anjinho estrelinha mais rara e brilhante!!! foi brilhar lá no céu ao lado de Deus”

Raví será sepultado às 11h em Centenário do Sul.

tn online

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Oração na Avenida

Unicesumar – Clique para Ampliar

Contato – (43)99916-6212 – Simone

Depilação a Laser Crystal 3D

Atom Academia

Rádio Gospel Hits

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: