Apucarana

Bairros de Apucarana ganham 800 novas árvores

Compartilhe no WhatsApp

Mais de 800 mudas de árvores de espécies nativas e ornamentais foram introduzidas na área urbana de Apucarana nos últimos 30 dias. O reforço da arborização, que nesta semana está sendo finalizada na Avenida Central do Paraná, nas imediações do Jardim América, também já contemplou as regiões do bosque municipal, Faculdade de Apucarana (FAP) e Núcleo Habitacional Papa João Paulo I.

Segundo balanço divulgado nesta quinta-feira pelo secretário do Meio Ambiente, Gentil Pereira, em um mês de serviços a empresa licitada efetivou o plantio de 801 mudas, entre resedás (426), manacás (18), felícios (40), ipês – amarelo (49), rosa (64) e branco (27) – , quaresmeiras (72), oitis (71) e escumilhas (34). “Nesta semana estamos concluindo o plantio em um trecho importante da Avenida Central do Paraná, contemplando com ipês um trecho que abriga diversos prédios públicos, sendo o Fórum da Justiça do Trabalho, a Praça CEU e a UBS Bolívar Pavão”, informa Pereira.

Segundo ele, na sequência a empresa está autorizada a dar início ao plantio junto à Avenida Santa Catarina e Jardim Apucarana. “Pedimos a compreensão e apoio de todos os moradores. As árvores exercem papel importante. A arborização urbana é fundamental para uma melhor qualidade do ar, para o controle da temperatura e também é habitat, local de abrigo para animais e insetos”, acentua o secretário.

Na regiões atendidas, o reforço da arborização atende ao artigo 17 da Lei Municipal Complementar nº 12, de 31 de dezembro de 2020, que dispõe sobre a Política de Proteção, Conservação e Recuperação do Meio Ambiente no Município de Apucarana. “Este artigo versa sobre a obrigatoriedade da presença de ao menos uma espécie arbórea na testada do lote de terras urbano a título de arborização urbana. Então, neste mapeamento, estamos realizando o plantio em defronte a todos os lotes onde não há árvore”, esclarece Sérgio Bobig, superintendente Municipal do Meio Ambiente. Segundo ele, todas as espécies em plantio são indicadas para o meio urbano. “As maiores são os ipês, que estão sendo introduzidos em pontos onde o passeio (calçada) é largo e não há fiação da rede de energia elétrica”, explica.

O prefeito Júnior da Femac destaca que o manejo, inédito no município, envolve a contratação de uma empresa especializada que, além do fornecimento de um total de 2,5 mudas, também realiza o plantio, adubação, tutoramento e irrigação da planta por um período de 90 dias. “Um novo modelo que temos a convicção de que vai dar muito certo, já que os primeiros três meses são considerados críticos na adaptação da planta ao local”, pontua o prefeito Júnior da Femac. De acordo com ele, o reforço da arborização – mediante a contratação de empresa especializada – foi uma sugestão do Conselho Municipal de Meio Ambiente prontamente acolhida pela gestão.

Os trabalhos terceirizados, que tiveram início no final do mês de abril, são acompanhados de perto por uma engenheira agrônoma da Secretaria de Meio Ambiente. O investimento total – somando as mudas, plantio e os custos de manutenção da planta por três meses – é de R$ 244 mil, com recursos do Fundo Municipal de Meio Ambiente. A vencedora da licitação e responsável pelo serviço é o Sítio Morrinhos Ltda, de Minas Gerais.

Pref. de apucarana

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Clique para ampliar

Kombucha da Si – Clique Vídeo

JR Martelinho de Ouro

André Quiroga

Clique para ouvir

Noite de Queijos e Vinhos

Jornal Edição de Notícias

Resumo de Notícias Mensal

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: