Ocorrência Policial

Áudio atribuído a coordenador de Endemias descarta participação de agente da dengue em crime

Compartilhe no WhatsApp

 

Em um áudio atribuído ao coordenador do Departamento de Endemias de Arapongas Valdecir Pardini, e que está circulando em grupos de whatsapp, foram divulgadas informações que descartam a participação de qualquer agente da dengue no crime ocorrido na tarde desta sexta-feira (17), em Arapongas, em que uma mulher foi violentada e roubada após um suposto agente de saúde adentrar sua residência.

Segundo informações apuradas junto à Polícia Militar (PM), a vítima disse que um homem chegou em seu portão por volta das 17h30 se apresentando como agente de saúde, dizendo que precisava vistoriar a casa. Segundo relato da mulher, o suspeito é moreno e alto e estava vestido com uniforme da prefeitura. 

O áudio atribuído a Pardini, revela que na tarde de ontem, todos os trabalhadores do setor estavam reunidos em um evento de capacitação das 13h até as 17h. “Eu estou descartando que seja mesmo um agente de endemias nosso, porque a cada 3 ou 4 meses nós fazemos uma reunião do comitê da dengue, e essa reunião foi ontem. Todos estavam presentes com exceção de 3 ou 4 que estão de férias”, afirma o áudio atribuído ao coordenador.

Ainda de acordo com a mensagem, não houve nenhum roubo de uniforme dos agentes de endemias de Arapongas.

O áudio também afirma que o coordenador estaria colaborando com as investigações, inclusive disponibilizando imagens de todos os agentes do setor da dengue do município para averiguação da polícia.

Ofertas Molicenter Até 01/09

Explosão de Milagres 09 a 15/09

8ª Feijoada Beneficente 15/09

8ª Feijoada Com Música ao Vivo

As Cores do Samba

Instituto Quarks

Rádio Gospel Hits

Marmitaria Temperos da Vovó

Solução Informática e Tecnologia

Zé da Balada