Arapongas

Arapongas lidera vacinação contra Covid-19 na Região Metropolitana de Londrina

Compartilhe no WhatsApp

Entre os municípios da Região Metropolitana de Londrina, Arapongas é o que está mais avançado por faixa etária da vacinação contra a Covid-19. Os dados constam na Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (Sesa). Atualmente, Arapongas já vacina o público em geral com 35 anos completos. Com a chegada de nova remessa de vacinas, prevista para este final de semana, o município abrirá na segunda-feira, 19, para a faixa etária de 34 anos. O município Londrina aplica doses para adultos de 41 e 42 anos.
Conforme o secretário da Saúde de Arapongas, Moacir Paludetto Jr, os dados mostram que 64,08% do público em geral (mais de 63.500 pessoas), acima dos 18 anos, já receberam a 1ª dose. Desse total, 15,08% já tomaram a dose reforço. A estimativa é de que o público em geral, com mais de 18 anos, seja de 98 mil pessoas.
“Nós temos trabalhado muito com o planejamento das doses que o governo do Estado tem enviado ao município semanalmente. E dentro dessa quantidade de doses, temos uma estimativa populacional, onde temos essa segurança para avançar com as faixas etárias. Estamos avançando já faz três semanas, com uma faixa de idade por dia, para que não haja falta de doses”, disse. Paludetto Jr ainda salientou que a meta é executar a vacinação no menor tempo possível, considerando os três pontos fixos da vacinação anticovid, que atendem em horários flexíveis: 13h às 19h (Feira da Lua), das 9h às 16h (Escola Alzira) e das 9h às 16h, no Cisam, apenas para mulheres.
QUEDAS
O avanço na vacinação já mostra um reflexo positivo nas taxas de transmissão da Covid-19. Nas últimas três semanas, foram registradas diminuições nos casos, nos óbitos e ocupação dos leitos de UTI e enfermarias. “Principalmente nas últimas três semanas, o município tem visto uma queda muito expressiva no número de casos – com a taxa de transmissão menor que um, ou seja, de 0.93%. Nós chegamos a ter semanas em que mais de 700 pessoas estavam contaminadas e, agora, fechamos a última semana com menos de 200 pessoas com a doença. O número de óbitos também nos chama a atenção. Vínhamos com uma média de 18 a 19 óbitos por semana e na semana passada registramos sete. Na atual semana epidemiológica, que encerra neste sábado, temos até agora o registro de quatro óbitos”, finalizou.

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Clique na Imagem p/Ampliar

Aravel

JR Martelinho de Ouro

Atom Academia

Feliz Dia dos Pais

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: