Apucarana

Apucarana já instalou mais de 6.500 luminárias de LED

Compartilhe no WhatsApp

Investimento que impacta nos índices de qualidade de vida e segurança em uma cidade, beneficiando de forma direta a população, em especial estudantes e trabalhadores em trânsito noturno, além de ser condição auxiliar ao serviço de patrulhamento executado pelas forças de segurança, a iluminação pública em Apucarana tem atualmente 35% de todo o seu parque de 18 mil pontos modernizado em tecnologia LED.

A introdução da tecnologia de última geração no município, recorda o prefeito Júnior da Femac, teve início em 2019 dentro do projeto de revitalização do Parque Municipal Biguaçu. “Na ocasião, instalamos 70 unidades e, desde então, não paramos mais. Além de mais eficiente e econômica, as luminárias em LED são o que há de mais moderno em termos de tecnologia para as cidades”, assinala o prefeito. De acordo com ele, além de uma maior sensação de segurança à população, o retorno vem através da atração de novos investimentos. “Dentre os pontos positivos da cidade elencados por empresários apucaranenses e por aqueles que chegaram dentro deste novo período, está a iluminação de Apucarana. Fator de incentivo na expansão de atividades e também na escolha por investir no município”, diz Júnior da Femac.

Segundo aponta relatório da Superintendência de Iluminação Pública do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento da Prefeitura de Apucarana (Idepplan), desde 2019, mais de 6,5 mil luminárias antigas – vapor de sódio e mercúrio – deram lugar a novas na tecnologia LED, grande parte na potência de 120 watts, que é o novo padrão adotado. “Entre 2020 e 2021, foram implantadas 1.207 luminárias LED e, em 2022, o total foi de 3.249 unidades. Até o momento, neste ano foram instaladas 1.974 LEDs”, assegura o engenheiro eletricista Lafayete dos Santos Luz, superintendente do Idepplan.

Ele recorda que o investimento na modernização da iluminação da cidade, que teve início em 2016 através da prefeitura, ganhou novo fôlego a partir de 2019 sendo estendido às rodovias de acesso ao município e a comunidades da zona rural. “Investimento de peso, com planejamento técnico e visão urbanística, que consiste na substituição da tecnologia. Além das velhas e ultrapassadas lâmpadas, em grande parte dos locais também são substituídos componentes eletrônicos e os “braços de luz”, garantindo uma iluminação padronizada, eficiente e econômica”, diz Lafayete. Os recursos são da Cosip (Contribuição para Custeio da Iluminação Pública).

Além das rodovias de acessos à cidade, que atualmente são servidos 100% por luminárias LED, o prefeito Júnior da Femac enumera outros bairros e regiões atendidos pela modernização. “Locais como o Núcleo Habitacional João Paulo, núcleos Castelo Branco, Adriano Correia, Barra Funda, Parigot de Souza, jardins Aclimação, Paulista, Morada do Sol, Laranjeiras, Marabá, Guanabara, Kennedy, Catuaí e Curitiba, distritos de Pirapó, Caixa de São Pedro e Vila Reis, vilas rurais Manoel Piassa Sobrinho, Terra Prometida e Nova Ucrânia, patrimônio rural de São Domingos, entre outros”, cita o prefeito.

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Clique para ampliar

Dia da Mulher

Kombucha da Si – Clique Vídeo

JR Martelinho de Ouro

Jornal Edição de Notícias

Resumo de Notícias Mensal

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: