Apucarana

Apucarana é a segunda em liberação de microcréditos no Paraná

Compartilhe no WhatsApp

Com 1.252 contratos de microcrédito assinados com a Fomento Paraná, Apucarana fechou 2.020 como a segunda cidade paranaense em incentivo ao micro, pequeno e médio empreendedor. Ao todo, os contratos representam uma injeção de R$6.605.022,10 em atividades econômicas dentro do município, garantindo a estruturação e expansão de negócios, bem como a preservação de empregos.

Apucarana ficou à frente de grandes cidades como Curitiba, Maringá e Londrina e atrás apenas de Foz do Iguaçu, importante centro turístico do Sul do país.

Ranqueamento feito pelo Governo do Paraná engloba os microcréditos tradicionais e o chamado “socorro emergencial” firmado dentro do Programa Paraná Recupera, criado no âmbito da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O resultado foi comemorado pelo prefeito Júnior da Femac.

Ele lembrou que o atendimento aos empresários, feito pela Prefeitura de Apucarana através da Sala do Empreendedor, já era referência estadual, mas foi intensificado para dar o suporte necessário, em especial a microempreendedores individuais e autônomos, visando minimizar os impactos financeiros que os profissionais enfrentaram, notadamente no início da pandemia quando precisaram paralisar as atividades por alguns dias. “A Prefeitura de Apucarana foi a única do Paraná que montou uma estrutura própria para agilizar a assinatura dos contratos. Acolhemos com muito respeito e carinho os empreendedores interessados e nossa valiosa equipe de servidores não mediu esforços para atender a todos”, enalteceu o prefeito.

O programa “Paraná Recupera” foi idealizado pelo Governador Ratinho Júnior para preservar salários e empregos nos estabelecimentos de pequeno porte do Estado. “Um governo com sensibilidade, disponibilizando no momento e na hora certa a ajuda que o empreendedor necessitava”, contextualiza o prefeito Júnior da Femac.

Ele lembra que foram disponibilizadas duas linhas de financiamento: Paraná Recupera Linha Giro, concedendo valores entre R$ 1,5 mil e R$ 6 mil, realizado pela Sala do Empreendedor, e Paraná Recupera Linha de Capital de Giro Emergencial, com créditos financiáveis entre R$ 6 mil a R$ 200 mil, realizados através da Associação Comercial, Empresarial e de Serviços de Apucarana (Acia). “Dinheiro com taxa de juros de 0,41% ao mês e prazo para pagamento de 36 meses, com direito a 12 meses de carência”, contextualiza o prefeito.

De acordo com a secretária da Fazenda, Sueli Pereira, em Apucarana o socorro atendeu diversos tipos de atividades, desde pequenos empreendedores a autônomos e trabalhadores informais. “O crédito foi liberado para profissionais como cabeleireiros, barbeiros, vanzeiros, pedreiros, jardineiros, cozinheiros, pintores, taxistas, sorveteiros, eletricistas, fotógrafos, professores, borracheiros, vidraceiros, costureiras e panificadores, além de lanchonetes, academias de condicionamento físico, pet shops e lava-rápidos, entre outros”, detalha a secretária da Fazenda

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Dia Internacional das Mulheres

Aravel – Clique para Ampliar

Contato – (43)99916-6212 – Simone

Depilação a Laser Crystal 3D

Atom Academia

Rádio Gospel Hits

Jornal Edição de Notícias

× Fale Conosco - Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: