Ocorrência Policial

Amigos e familiares contestam a versão da polícia e garantem que Emerson não era assaltante

Compartilhe no WhatsApp

O Jovem que morreu após ser baleado em Arapongas foi identificado. Emerson Castilho tinha 22 anos e foi atingido por três tiros. O autor dos disparos é um policial que estava de folga em um bar. 

A Polícia Militar (PM) informou que o rapaz que morreu e um outro homem teriam tentando roubar um bar que fica na Avenida Siriema, que o policial de folga, que estava dentro do estabelecimento, sacou a arma dele e deu voz de abordagem.

Ainda de acordo com a PM, um dos envolvidos colocou a mão na cintura, então o policial que estava de folga e no bar, atiRou três vezes. Emerson chegou ser socorrido pelo Samu, mas morreu no Hospital. 

O outro envolvido não ficou ferido. A PM encontrou uma arma, que era falsa, com o rapaz.

Amigos e familiares contestam a versão da polícia e garantem que Emerson não era assaltante, que era um jovem trabalhador e que sonhava em ser socorrista. “Queremos justiça, ele era trabalhador, quem fez isso tem que ser preso, pois tirou o sangue de um inocente”, disse a tia do rapaz, Meire Castilho. 

O caso será devidamente apurado pela Polícia Civil. Nas redes sociais, amigos lamentam a morte do jovem: 

“ele era muito trabalhador, não era assaltante”

TN ONLINE 

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Unicesumar – Clique para Ampliar

Contato – (43)99916-6212 – Simone

Depilação a Laser Crystal 3D

Atom Academia

Rádio Gospel Hits

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: