Arapongas

Aluno de 16 anos saca revólver em escola de Arapongas; saiba mais

Compartilhe no WhatsApp

A Secretaria de Estado da Educação (Seed-PR) está acompanhando o caso do aluno de 16 anos do Colégio Estadual Irondi Pugliesi, de Arapongas, apreendido nesta quarta-feira (29) após sacar um revólver calibre 38 dentro do estabelecimento de ensino, localizado no Conjunto Palmares. 

Segundo a Seed-PR, a situação ocorreu durante uma conversa na sala das pedagogas após dois estudantes serem retirados de sala devido a uma discussão. “Um dos alunos envolvidos sacou uma arma da mochila e ameaçou o estudante na frente das profissionais, que conseguiram acalmá-lo”, diz a nota da Seed-PR.

Nenhum disparo foi efetuado, ainda segundo a Secretaria de Educação, e o adolescente de 16 anos se evadiu. “A PM foi acionada, apreendeu o menor nas imediações e a segurança no local foi reforçada”, diz a secretaria.

O adolescente foi levado para a delegacia de Polícia Civil. Funcionários do Núcleo Regional de Educação (NRE), de Apucarana, estão na escola. A Patrulha Escolar também acompanha o caso.

O Colégio Estadual Irondi Pugliesi foi inaugurado em setembro de 2022. Com capacidade para 1,2 mil alunos, o estabelecimento de ensino atende os bairros da região Sul de Arapongas.

A Seed afirmou ainda que está atuando para combater a violência nas escolas. “Além do apoio da Patrulha Escolar às escolas, o Governo do Estado tem investido em prevenção, como o primeiro Treinamento de Segurança Escolar Avançado em escolas da rede estadual, no último fim de semana, e a instalação do Olho Vivo, uma torre de segurança com câmeras e inteligência artificial para medir comportamentos e situações que possam representar risco à integridade dos alunos e servidores”.

Na última segunda-feira (27), um adolescente de 13 anos invadiu uma escola em São Paulo e matou uma professora, ferindo mais quatro pessoas. O caso gerou repercussão nacional e chamou atenção para a violência nas escolas.

COMO FOI

A Patrulha Escolar, da Polícia Militar (PM), informou que foi acionada no final da manhã desta quarta-feira (29) após um aluno ameaçar o colega com um revólver calibre 38.  A PM enviou uma equipe de apoio ao local, inclusive com a presença do helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA). 

Segundo a PM, os dois alunos foram levados para a sala das pedagogas após uma discussão durante a aula. Ao tentar levar a dupla a sala da diretoria, o aluno saiu das dependências da escola e retornou cinco minutos depois.

Neste momento, ele iniciou a ameaça verbal ao outro adolescente e, então, sacou a arma de fogo que estava em sua mochila. O aluno teria dito que não mataria o colega “por respeito às professoras”.

Acalmado pelas pedagogas, ele abandonou a escola. A PM fez rondas e localizou o menor em frente à residência dele. A arma não tinha sido encontrada até o meio da tarde. O adolescente e o responsável dele foram levados então para a delegacia.

Por Fernando Klein/TNOnline

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Clique para ampliar

Kombucha da Si – Clique Vídeo

JR Martelinho de Ouro

André Quiroga

Clique para ouvir

Noite de Queijos e Vinhos

Jornal Edição de Notícias

Resumo de Notícias Mensal

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: