Arapongas

Adolescente morre de síndrome inflamatória após contrair Covid-19

Compartilhe no WhatsApp

Ana Clara Macedo dos Santos, de 13 anos, morreu por conta de uma síndrome inflamatória causada pós-covid, em Campinas, São Paulo. De acordo com o atestado de óbito da jovem, a Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica foi apontada como o motivo da morte após ter contato com a Covid-19.

Conforme o relato dos familiares, a adolescente era assintomática, pois não apresentou nenhum sintoma da doença, e também não fez teste algum. No mês de dezembro de 2020, a família de Ana, que convive na mesma casa, positivaram para a Covid-19. No entanto, como a jovem não teve problemas respiratórios e nem perda de olfato ou paladar, não foi submetida a um exame. 

Já no dia 19 de fevereiro deste ano, Ana Clara amanheceu com torcicolo e com dor de barriga, segundo o pai da criança, Paulo César dos Santos. No dia seguinte (20), a menina acordou com febre, mas recebeu os cuidados em casa e a temperatura corporal retornou ao normal. Porém, as dores na barriga continuaram. 

Na tarde do dia 22, Paulo César levou a filha a um hospital para descobrir o motivo da dor. No início, os pais pensaram que seria apenas uma cólica menstrual, mas, no centro médico, médicos e enfermeiros suspeitaram de pedra na vesícula. Entretanto, o quadro da adolescente piorou

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Oração na Avenida

Unicesumar – Clique para Ampliar

Contato – (43)99916-6212 – Simone

Depilação a Laser Crystal 3D

Atom Academia

Rádio Gospel Hits

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: