Notícias Geral

A pandemia não acabou”, alerta secretário Beto Preto

Compartilhe no WhatsApp

Em entrevista ao Jornal da Tribuna desta sexta-feira (13), o secretário estadual de Saúde Beto Preto falou a respeito do aumento no número de casos de coronavírus no estado e os cuidados que deverão ser tomados durante as eleições deste domingo.

Segundo o secretário, os últimos feriados prolongados podem explicar o aumento de contágio. “Estamos sentindo esses números aumentando há três semanas e acreditamos que o feriado de 12 de outubro e de finados, onde houve grande movimentação de pessoas e reuniões familiares, podem ter colaborado para o aumento. Agora, nos últimos 15 dias, também tivemos o acirramento da campanha eleitoral, que mesmo sem grandes reuniões com eleitores, exigiram reuniões entre candidatos e suas lideranças, provocando também movimentação de pessoas, e tudo isso, pode ter contribuído para um maior número de contágios” explicou.

O secretário disse ainda que o Paraná chegou a registrar até 2.000 novos casos por dia, baixou para 1.000 e chegou a até 600 casos por dia. “Hoje voltamos a marca de cerca de 1.000 a 1.200 casos por dia novamente. Isso porque, geralmente, onde há grande movimentação de pessoas, muitos não respeitam o distanciamento e outros protocolos de segurança”, esclareceu.

Mesmo diante do crescente aumento, Beto Preto garante que não razão para alardes. “Trazemos essa informação para a população com muita tranquilidade, porque o estado está preparado para o combate ao vírus, com leitos disponíveis tanto de enfermaria quanto de UTI. Mesmo assim, é importante que todos os cuidados para evitar a contaminação sejam tomados”, reiterou.

Beto Preto comentou o fato de muitas pessoas tem um entendimento que o pior da pandemia já passou e estamos de volta aos costumes normais. “Não se trata disso, a pandemia não acabou, vencemos várias batalhas, mas a guerra ainda não foi vencida. Não tem remédio, não tem vacina ainda, trabalhamos pra isso, mas ainda não temos condição de afirmar que tudo está controlado, por isso, a necessidade de continuar pedindo o distanciamento social, isolamento domiciliar para quem puder, uso de máscaras em ambientes públicos, álcool em gel e todos os cuidados”, afirmou o secretário.

A respeito de uma segunda onda de contágio, como já acontece em países da Europa, o secretário afirma que autoridades no Brasil se preparam para que isso ocorra a partir do mês de abril de 2021. “Agora nós teríamos pequenas elevações com aglomerações de final de ano, festas e situações de aglomeração. Mas os resultados dessas reuniões só começam a aparecer até 15 dias depois”, disse.

Cuidados durante a votação

O secretário de Saúde afirmou que o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE PR) está muito preparado para oferecer segurança aos eleitores que deverão comparecer ao pleito deste domingo e deu algumas dicas para que o contágio pelo vírus seja evitado. “O eleitor deve tocar o mínimo possível nas superfícies dos locais de votação, levar a própria caneta, um documento com foto, usar álcool gel antes de ir para cabine de votação e logo após votar, usar o álcool novamente. Todos os eleitores deverão comparecer de máscara e respeitar o distanciamento social. Assim que terminar de votar , vá para casa e evite rodas de conversas”, alertou.

tn online
 

Depilação a Laser Crystal 3D

Molicenter – Ofertas

Black Week Unicesumar

Contato – (43)99916-6212 – Simone

Atom Academia

Convocação para Assembleia Extraordinária

Famintu’s Pet

Rádio Gospel Hits

Jornal Edição de Notícias

× Fale Conosco - Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: