Paraná em Notícias

Ganhando o Mundo vira experiência inesquecível para os alunos da rede estadual

Compartilhe no WhatsApp

Vivenciar o cotidiano de outros países, aprimorar o conhecimento do idioma e da cultura local, fazer novas amizades e trocar experiências. Esses são os benefícios proporcionados pelo programa Ganhando o Mundo, realizado pelo Governo do Paraná, por meio da Secretaria da Educação e do Esporte. Em 2022, duzentos estudantes da rede estadual de ensino puderam vivenciar o cotidiano escolar do Canadá e da Nova Zelândia.

Na primeira edição do programa, 100 alunos embarcaram para o Canadá em fevereiro e retornaram em julho. O investimento foi de R$ 5,9 milhões. Já na segunda edição, com destino à Nova Zelândia, os estudantes embarcaram em julho e voltaram ao Brasil em outubro – nesta, o investimento foi de R$ 7,2 milhões. Todos jovens estudaram na modalidade high school (equivalente ao ensino médio) e ficaram hospedados com famílias locais.

“Nossos estudantes retornaram cheios de aprendizado e sonhos realizados. Muitos deles nunca tinham saído do Paraná e, agora, têm a experiência de terem vivido no Exterior, conhecendo uma cultura diferente, aprendendo inglês e lidando com as situações do cotidiano com autonomia”, diz Renato Feder, secretário estadual da Educação na atual gestão. “Além da importância acadêmica e profissional, o intercâmbio também trouxe muito crescimento pessoal para cada um dos alunos”.

Os participantes foram selecionados a partir de suas médias nas disciplinas da BNCC (Base Nacional Comum Curricular). Todos cursaram os anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º) na rede pública estadual do Paraná, tiveram frequência a partir de 85% e médias a partir de 7,0.

“Como o próprio nome do programa já diz, eu de fato ganhei o mundo, um novo lar, tive uma nova família, fiz novos amigos. Foram cinco meses de muitas histórias e aprendizagem. Foi a maior e mais importante etapa da minha vida”, diz Kaio de Souza Santos. O aluno é de Andirá, no Norte Pioneiro, e passou o primeiro semestre de 2022 estudando na escola Madill Secondary School, na província de Ontário, no Canadá.

Maria Eduarda Melo da Cruz, de Alto Paraíso, também tem boas recordações do intercâmbio. Ela participou da segunda edição do programa e passou um semestre letivo estudando na cidade de Winton, na Nova Zelândia. “Minha família me levou para conhecer vários lugares incríveis. Paisagens naturais, montanhas com neve. Algo que nunca imaginei ver na vida”, diz a estudante, que também gostou das aulas de culinária que teve na escola neozelandesa.

PRÓXIMAS EDIÇÕES – Ainda em 2022, foram lançados dois novos editais para as próximas edições do Ganhando o Mundo. Um deles selecionará mil estudantes de todo o Estado para realizar intercâmbio em 2024 em diferentes países de língua inglesa, como Austrália, Canadá, Estados Unidos, Inglaterra e Nova Zelândia.

HISTÓRICO – Instituído pela Lei nº 20.009/2019, o programa de intercâmbio internacional Ganhando o Mundo foi criado para oferecer a estudantes do ensino médio uma formação em instituições de ensino estrangeiras que tenham curso equivalente ao ensino médio no Brasil.

Os estudantes selecionados na primeira edição viajariam inicialmente em agosto de 2020. No entanto, ainda no primeiro semestre daquele ano, tiveram a viagem adiada devido às medidas sanitárias impostas pela pandemia. Por isso, o destino dos estudantes mudou da Nova Zelândia para o Canadá.

Para aperfeiçoar o idioma, os alunos selecionados fizeram um curso de inglês preparatório via aplicativo, ofertado em parceria com as universidades estaduais vinculadas à Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Agência Estadual de Notícias

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Convite a Venda – Clique

Cuidar da Saúde

Kombucha da Si – Clique Vídeo

JR Martelinho de Ouro

Vaga de Emprego

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: