Apucarana

Plano Safra destina R$ 39 milhões para Apucarana

PLANO-SAFRA_Apuka

O valor disponibilizado pelo Banco do Brasil (BB) para custeio aos produtores de Apucarana teve neste ano um acréscimo de 30%, passando de R$ 30 milhões para R$ 39 milhões. O anúncio foi feito nesta terça-feira (18/07), no salão nobre da Prefeitura, durante o lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018 (Plano Safra). Além disso, foi anunciada a redução das taxas de juros em até dois pontos percentuais, dependendo da linha de crédito.
O ato contou com a presença do prefeito de Apucarana, Beto Preto, do gerente-geral da agência de Apucarana do Banco do Brasil, Rony Oliveira, do presidente da Câmara de Vereadores, Mauro Bertoli, e do secretário municipal de Agricultura, José Luiz Porto. Representando o núcleo Regional da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (Seab) esteve presente o economista rural Paulo Franzini, enquanto a Emater foi representada pelo gerente regional, Cristóvon Ripol.
O Plano Safra 2017/2018 reduziu em um ponto percentual ao ano as taxas de juros das linhas de custeio e de investimento e em dois pontos percentuais ao ano as dos programas voltados à armazenagem e à inovação tecnológica na agricultura.
Em todo o Brasil, para o ano agrícola 2017/2018, o BB destinará R$ 103 bilhões para apoio aos produtores rurais. Desse total, R$ 11,5 bilhões destinados às empresas da cadeia do agronegócio e R$ 91,5 bilhões em crédito rural aos produtores e cooperativas. Deste montante, R$ 72,1 bilhões serão direcionados para operações de custeio e comercialização e R$ 19,4 bilhões para créditos de investimento agropecuário.
O novo ciclo agropecuário começou no dia 3 e era aguardado com grande expectativa pelo mercado, sobretudo pelo crescimento do volume de recursos e pela redução na taxa de juros. “O Brasil passa por um momento de crise e mostra sinais de recuperação porque a economia tem como âncora o agronegócio”, frisa Beto Preto.
O prefeito de Apucarana aproveitou a oportunidade também para fazer um balanço e anunciar novos investimentos do Programa Terra Forte. “Iniciamos em 2013 tendo a adesão de 40 produtores e hoje já contamos com 212 inscritos. Através do programa, já foram fornecidas 52 toneladas de frutas para a alimentação escolar e há mais 73 toneladas a serem entregues. Na semana que vem, serão disponibilizadas 600 toneladas de calcário e dentro de 60 dias serão distribuídas mudas de abacate e atemoia, completando o ciclo de 10 espécies de frutas”, informa Beto Preto.
O gerente-geral do BB lembrou que a agência de Apucarana possui 63 anos, sendo uma das mais antigas do País. “O Banco do Brasil tem 5.060 agências e 18.350 pontos de atendimento. A agência de Apucarana é a de número 355, sendo uma das mais antigas”, ressalta, salientando que a carteira agrícola sempre foi um dos pontos fortes da agência e que hoje conta com uma equipe de 12 pessoas para atender os agricultores.
Rony Oliveira afirma que os valores inicialmente disponibilizados para Apucarana poderão aumentar conforme a demanda, reiterando a confiança no ciclo que se inicia e na força do agronegócio. “Além do maior volume de recursos, outro fator determinante do plano 2017/2018 é a queda de juros”, reforça o gerente-geral do Banco do Brasil, lembrando que as taxas variam, tendo como o menor percentual de 2,5% ao ano e aumentando progressivamente de acordo com a linha de crédito.

Solução Informática