Apucarana

Apucarana terá investimento de R$ 10,4 milhões da Sanepar

mounir-pref-apuca

Ampliação e modernização do sistema de abastecimento da região norte será licitado

 

Em audiência mantida hoje (25), em Curitiba, com o presidente da Sanepar, Mounir Chaowich, o prefeito Beto Preto recebeu a confirmação de que Apucarana irá receber um investimento de mais R$ 10,4 milhões. Os recursos serão carreados para a ampliação do sistema de captação e distribuição de água para os bairros região norte da cidade.

Segundo Beto Preto, os investimentos irão garantir mais produção e melhor distribuição de água para bairros como o Sanches dos Santos, Marcos Freire, Dom Romeu Alberti, Araucárias e parte do Jardim Ponta Grossa, entre outros. “Esta região também é abastecida por poços artesianos e, em alguns períodos do ano, sofre com a falta de água”, avalia.

A Sanepar já tem prontos os projetos necessários para otimizar o abastecimento da região e nos próximos meses as obras devem ser licitadas. O gerente local da Sanepar, Luiz Jakowaz, informa que já foi comprada uma área de terras, junto ao Parque Ecológico da Raposa, que irá abrigar um novo reservatório, com capacidade para dois milhões de metros cúbicos de água. Segundo ele, está prevista um reestruturação total do sistema de bombeamento e abastecimento, beneficiando a região norte da cidade.

Ainda no encontro com Mounir Chaowich, o prefeito Beto Preto voltou a reivindicar a implantação do sistema de coleta de esgoto sanitário para atender o Residencial Interlagos, que já é um dos maiores bairros de Apucarana. “Trata-se da região que mais cresce hoje na cidade e que precisa com urgência da implantação de saneamento básico”, insistiu o prefeito.

Ele também discutiu com o presidente da Sanepar a criação de uma comissão bipartite, visando discutir e deliberar sobre os futuros investimentos da empresa em Apucarana. “O contrato do município com a empresa, renovado por 30 anos, já teve decorridos 14 anos, e agora queremos participar das decisões em relação aos novos projetos”, justificou Beto Preto, que entregou em mãos, ofício do município a Mounir Chaowich. “A proposta da comissão bipartite foi bem aceita pelo presidente da Sanepar”, concluiu.