Arapongas

Reunião reitera projetos em Aricanduva e melhorias na Colônia Esperança

Compartilhe no WhatsApp

O prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre, recebeu na tarde da última quarta-feira, 22, a visita do padre Lino Batista de Oliveira; pároco da Igreja Bom Jesus, no distrito de Aricanduva, e também da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, na Colônia Esperança. O encontro contou com a presença do gerente distrital de Aricanduva, Evangelista Pereira da Silva, o Lita. Durante a oportunidade, o grupo falou mais sobre o andamento das obras da Gruta de Nossa Senhora do Ghisallo, no distrito de Aricanduva. “ Já vamos providenciar a liberação de água e energia para o local”, adiantou Onofre. Outras demandas como instalação  de postes republicanos na Praça da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, apoio na tradicional Festa do Ovo e do Abacate e a pavimentação em CBUQ da Rua Guarani, no distrito de Aricanduva, também foram tratadas. Lino, agradeceu o prefeito pelo apoio e se mostrou entusiasmado com as melhorias. “ Um encontro importante. O trabalho e apoio da Prefeitura de Arapongas em ações que vão ao encontro das necessidades da comunidade de Aricanduva e Colônia Esperança são fundamentais”, disse.

Gruta de Nossa Senhora do Ghisallo

As obras da Gruta de Nossa Senhora do Ghisallo no distrito de Aricanduva, em Arapongas, é uma obra da Paróquia Bom Jesus, de Aricanduva – através do padre Lino Batista, com apoio da Prefeitura de Arapongas. Nossa Senhora do Ghisallo é considerada a padroeira dos ciclistas e a gruta será um ponto de apoio, descanso e orações para milhares de amantes do pedal que circulam diariamente pela região. ORIGEM
Madonna di Ghisallo é nome de uma colina na região da Lombardia, norte da Itália. A colina foi batizada após uma “aparição da Virgem Maria” ao Conde Ghisallo que, na Idade Média, ao ser atacado por bandidos, se refugiou em uma capela e lá disse ter visto sua imagem.
Como a região fazia parte do Giro di Lombardia, importante prova ciclística italiana, o padre local, Ermelindo Viganò, propôs que a santa fosse declarada padroeira dos ciclistas. A sugestão foi acatada pelo Papa Pio XII e a igreja de Nossa Senhora de Ghisallo foi consagrada oficialmente em 1949. 
O santuário se tornou um centro de romaria de ciclistas do mundo todo e acabou se transformando em um pequeno museu do ciclismo. As paredes da capela são adornadas por camisas de ciclistas famosos, flâmulas de equipes, além de fotos e bicicletas, dentre as quais se destaca a do ciclista italiano Fabio Casartelli, campeão olímpico de 1992, em Barcelona, e que morreu durante uma etapa do Tour da França em 1995. Com o tempo, a coleção da capela ficou tão grande que, ao seu lado, foi criado o Museu do Ciclismo para guardar parte do acervo.
Na capela há também uma chama eterna, em homenagem a todos os ciclistas que já morreram.

“Agindo Deus, quem impedirá?” Is 43:13

Tonél Decor

Vendo ou Troco Apartamento

Kombucha da Si – Clique Vídeo

Fala Aí – 87,9 FM

JR Martelinho de Ouro

Costelada Grande Parada

Cursos Gratuitos

Clique na Imagem p/Ampliar

Jornal Edição de Notícias

× Anuncie no site
%d blogueiros gostam disto: