Faxinal

Prefeito de Faxinal deve ser o novo presidente da Amuvi

Compartilhe no WhatsApp

Reunidos sexta-feira em Faxinal, num encontro fechado para a imprensa, 17 prefeitos dos 26 que integram a Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi) decidiram formar uma chapa única de consenso para concorrer à eleição da nova diretoria da associação. O pleito está previsto para ocorrer no dia 14 de dezembro, em local e horário a serem definidos nesta segunda-feira pelo atual presidente, prefeito Beto Preto (PSD), de Apucarana.

A princípio, ficou acordado que o prefeito de Faxinal, Ylson Cantagallo (MDB), o Galo, será o candidato a presidente, porém para exercer o mandato por um ano, ou seja, em 2019. Em 2020, assume a presidência na condição de vice o prefeito de Kaloré, Washington Luiz da Silva (PSDB), que também havia lançado sua candidatura à presidência. A chapa, ainda em formação, será eleita por aclamação.

“Foi um acordo que fizemos entre todos nós para acabar com o racha na Amuvi”, explica Galo, que foi indicado por prefeitos da microrregião polarizada por Ivaiporã como candidato de consenso para manter a unidade da Amuvi, que sofreu sequelas desde a eleição de dezembro de 2016 ocorrida em Cambira.

Sem desmerecer o trabalho realizado até agora pelo atual presidente Beto Preto, Galo explica que pretende implantar um novo modelo de gestão na Amuvi, no sentido de dar assistência técnica e jurídica aos municípios e estabelecer parcerias com o governo do Estado em busca do desenvolvimento regional.

“Aqui em Faxinal nós demos 81% dos votos válidos para o governador eleito Ratinho Júnior. Nesta condição, nós temos todo respaldo para buscar um trabalho conjunto com o futuro governo do Paraná em favor dos municípios do Vale do Ivaí”, afirma. Neste aspecto, Galo defende que todos os prefeitos da Amuvi mantenham-se unidos e busquem audiências em conjunto com o governo do Estado em busca de solução dos problemas da região.

O prefeito de Kaloré, Washington Luiz da Silva, diz que preferiu abrir mão de sua candidatura em defesa da unidade da Amuvi. “Para o bem do Vale do Ivaí aceitei a proposta de o Galo ser presidente num ano e eu no outro”, afirma Washington. “Nossa intenção é trazer de volta aqueles prefeitos que se afastaram da Amuvi”, acrescenta.

CONTENTE
O prefeito de Apucarana e presidente da Amuvi, Beto preto, se manifestou contente pelo acordo firmado entre os prefeitos de Faxinal, Ylson Cantagallo, e de Kaloré, Washington Luiz, para compor uma chapa de consenso para a nova diretoria da entidade. Segundo ele, infelizmente, na eleição anterior não houve acordo, e duas chapas concorreram.
Beto Preto ressalta que na sua gestão a Amuvi teve uma gestão técnica, priorizando a oferta de cursos de qualificação para servidores das prefeituras. “Também investimos na parceria com o Estado, para planejamento e orientação profissional na condução de projetos que visam o desenvolvimento regional”, comentou, acrescentando que nesta segunda feira será apresentado o Plano de Desenvolvimento Regional, elaborado pela Paraná Projetos.
Beto Preto observa ainda que, com a concordância unânime dos prefeitos, foram feitas alterações pontuais no estatuto da Amuvi, que irão permitir inclusive a formatação de consórcios entre os municípios filiados.

Molicenter Ofertas 14-15 e 16/12

Sino de Ouro

Molipark

Solução Informática e Tecnologia

Canal André Silva

Mais vídeos do canal Aqui