Arapongas

Por dia, 500 ‘furam’ pedágio de Arapongas

Compartilhe no WhatsApp

Em média, mais de 500 motoristas passam sem pagar pela praça de pedágio de Arapongas todos os dias. A prática ilegal tem sido acompanhada de perto pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Em 12 meses, o número de veículos ‘furando’ as cancelas de pagamento chega a aproximadamente 190 mil.

A praça de pedágio situada na BR-369, ao norte do município, registrou 189.778 veículos cometendo a infração entre os meses de agosto de 2017 e julho de 2018. Neste período, a média diária é de 520 motoristas ‘furando’ o pagamento por dia. Os dados foram levantados pela concessionária Viapar, responsável pela via, e divulgados pela PRF.De acordo com o inspetor Pedro Faria, a preocupação da PRF é com o risco gerado nas manobras que os motoristas fazem para fugir do pagamento.

“Na vontade de furar o pedágio, muitos motoristas acabam cometendo várias infrações e até crimes de trânsito. Uma delas é esconder a placa do veículo, um crime que pode levar o conduto para a prisão por três a seis anos”, destaca.Um caso nestas circunstâncias aconteceu recentemente. A PRF divulgou, na última terça-feira (20), a imagem de um motociclista subindo na calçada da praça de pedágio de Arapongas, para desviar das cabines de pagamento. Para não ser identificado, o condutor tampou a placa da moto usando o pé.

“A PRF tem monitorado estas situações, atenta aos motoristas que infringem a lei. Estamos fazendo as notificações devidas e identificando esses condutores. Diversas outras infrações acabam sendo cometidas. Alguns acabam transitando em velocidade excessiva, colocando em risco, inclusive, a vida de pessoas que trabalham nesses locais”, diz Pedro Faria, inspetor da PRF.A evasão acontece, em sua maioria, de duas maneiras diferentes. Uma delas é através da colisão contra as cancelas do sistema ‘Sem Parar’.

A outra é passando nas cabines tradicionais, logo atrás de um motorista pagante, aproveitando o tempo em que a cancela fica levantada após um pagamento.A praça de pedágio de Arapongas corresponde a 75% de todas as evasões registradas nas seis unidades de cobrança que a concessionária possui nas rodovias do Paraná. Foram registrados 252.915 casos de motoristas que passaram pelas praças da Viapar sem pagar. Os dados apontam ainda que outra praça de pedágio da região tem grande índice de evasão: a de Mandaguari. Nela, foram registradas 24.559 ocorrências no mesmo período, ou quase 10% do total, o que equivale a uma média de 67 casos diários.
TN ONLINE

Molicenter Ofertas 14-15 e 16/12

Sino de Ouro

Molipark

Solução Informática e Tecnologia

Canal André Silva

Mais vídeos do canal Aqui