Claudio Natalino Bagnolli

Óculos de realidade aumentada substituirão smartphones em breve.

Compartilhe no WhatsApp

2022 poderá ser o ano em que óculos de AR começarão a substituir os smartphones para se tornar o novo gadget indispensável em nossas vidas.

Nos próximos anos começaremos a perceber a substituição dos smartphones pelos óculos e, nas próximas décadas, deverá ocorrer a adoção generalizada da tecnologia.

Dentro de 20 ou 30 anos, em vez de levarmos smartphones elegantes para todos os lugares, usaremos óculos elegantes.

Os óculos oferecerão VR, AR e tudo o mais, e vamos usá-los o dia todo.

Os óculos de AR poderão dar “superpoderes” ao usuário, melhorando a memória, fornecendo traduções instantâneas em tempo real e até mesmo isolando sons e ruídos.

Não custa lembrar que a tecnologia já existe hoje, ainda que em estágio quase embrionário.

O HoloLens, headset produzido pela Microsoft que sobrepõe a vista do usuário com imagens tridimensionais, permitindo ao usuário interagir com os objetos e remanejá-los da forma que quiser.

Se a visão de futuro irá mesmo se concretizar nos próximos anos, ainda é muito cedo para dizer.

Mas, da forma como o quadro está emoldurado, a tecnologia de realidade aumentada será capaz de muito mais que apenas aumentar a realidade.