Ocorrência Policial

Mulher atropelada por carro na contramão tem morte cerebral confirmada

Compartilhe no WhatsApp

mulher de 33 anos que foi atropelada na madrugada do último domingo em Arapongas teve a morte cerebral confirmada.

O diagnóstico foi feito por volta das 15h desta quarta-feira (6) pela equipe médica do Hospital Norte do Paraná (Honpar) em Arapongas, onde ela está internada.

LEIA MAIS:

Suspeito de atropelar mulher em Arapongas quer se apresentar à polícia
Câmera flagra momento em que mulher é atropelada em Arapongas
A moradora de Cambé Vanessa Prado, de 33 anos, estava em Arapongas e saía de um evento católico, quando foi atingida pelo veículo que trafegava na contramão.

Segundo o namorado da vítima, os familiares decidiram encaminhar os órgãos para a doação. Ainda não há confirmação sobre a data e horário do velório.

Por volta da 1h45 da manhã Vanessa e um grupo de amigos seguiam pela rua Francelho quando foi atingida. Ela estava a poucos metros da calçada. O motorista de uma picape seguia pela contramão e fugiu sem prestar socorro.

O namorado e os familiares de Vanessa divulgaram uma nota. Leia na íntegra:

Venho por meio desta mensagem com muita dor e sofrimento comunicar a todos que nossa Amada Vanessa foi acolhida junto ao Nosso Senhor Jesus pelos braços de Maria Nossa Mãe. O falecimento deu-se por morte encefálica por volta das 15h. Hora da misericórdia. Não se sabe ainda onde será o velório.

Obrigado a todos amigos e conhecidos por todo apoio, toda ajuda e, principalmente, pelas orações e súplicas. Agora levantemos um grande Louvor a Deus pela vida dela. Tenho certeza que a Vanessa cumpriu seu propósito de vida de levar a Palavra do Senhor em lugares que ela nunca imaginou; de transmitir sua mensagem de santidade e doação pela missão. Pregou com a própria vida e moveu milhares de corações no Brasil e fora dele.

Esperamos que todos que souberem de sua breve passagem nesta vida saibam também que a luta para ser santo e levar o amor ao próximo sem olhar a quem é possível. Ela nos provou isso.

Reiterando também nosso anseio de justiça diante do ocorrido e nossa total repúdia ante às displicências e mediante os excessos e mal uso da “liberdade”. Vivemos em sociedade, devemos nos comportar como pessoas civilizadas.

Mais uma vez, a todos nossa GRATIDÃO.

Daniel Machado & A Família.

Ofertas Molicenter – 18 a 31/03/2019

Paixão de Cristo – Arapongas 14/04

Valorize seu Trabalho, seu Emprego

Moliplast – Agenda de Cursos

Fornão

Marmitaria Temperos da Vovó

Movelpar – 18 a 21/03

Solução Informática e Tecnologia

Atom Academia

Canal André Silva

Mais vídeos do canal Aqui