Ocorrência Policial

Homem é condenado em júri popular a 15 anos prisão pelo assassinato de prefeito

Compartilhe no WhatsApp

Um júri popular realizado ontem (16), no Fórum da Comarca de Jandaia do Sul, resultou na condenação do réu a 15 anos de prisão em regime fechado por homicídio ocorrido em em 22 de julho de 2009, no município de Barbosa Ferraz.A vítima foi o prefeito da cidade. O júri foi realizado em Jandaia do Sul porque a defesa pediu desaforamento.

De acordo com a denúncia do Ministério Público (MP), Dioniclei Pelussi de Oliveira, que na época do crime tinha 23 anos, matou o então prefeito Mário César Lopes de Carvalho, de 44 anos, com cinco tiros.

O crime
O corpo de Mario César foi encontrado pela Polícia Militar na estrada que liga Barbosa Ferraz à Corumbataí do Sul. A polícia concluiu que o Dioniclei teria cometido o crime por ciúmes da então namorada de 22 anos, que era funcionária municipal.

A garota contou em depoimento, na época do crime, que o então namorado suspeitava de um possível relacionamento amoroso com o prefeito. Ela disse também que ele era bastante agressivo e foi taxativa ao dizer que acredita que ele seria capaz de cometer um crime como esse.

O jovem foi detido no dia 24 de julho, dois dias após o crime. Ele ficou preso em Campo Mourão até meados de março, quando conseguiu na Justiça direito de responder as acusações em liberdade. A morte do prefeito comoveu toda a região. Ele foi morto dois dias antes de iniciar os festejos em comemoração ao aniversário da cidade.

Molicenter Ofertas 13/12

Sino de Ouro

Molipark

Solução Informática e Tecnologia

Canal André Silva

Mais vídeos do canal Aqui